Parlamentares europeus, asiáticos e africanos fazem apelo aos países do G8

Fonte: AnsaLatina / Itália

 

ROMA, 23 JUN (ANSA) – Parlamentares de países africanos, asiáticos e europeus, que estão reunidos em Roma, pediram hoje que os países-membros do G8 (grupo dos sete países mais industrializados e a Rússia) destinem US$ 60 bilhões em cinco anos para programas de promoção da saúde da mulher.

Os 56 legisladores que participam da conferência “Políticas Estratégicas em Tempos de Crise” pedem que o dinheiro seja utilizado para reforçar sistemas de saúde, combater a Aids, a tuberculose e a malária.

De acordo com os parlamentares, com esse montante, ainda seria possível aprimorar serviços de emergências obstetrícias, formar profissionais da área da saúde, baratear o custo de métodos contraceptivos e promover políticas de desenvolvimento que protejam as crianças e seus direitos.

Os membros do G8 se reunirão entre os dias 8 e 10 de julho, na cidade italiana de L’Aquila, que foi devastada em abril por um terremoto de 5,8 graus na escala Richter.

 

“Este G8 tem a oportunidade única de assumir a liderança política para manter a fé nos empenhos assumidos sobre a saúde global, em particular sobre a saúde materna e infantil”, destacam os parlamentares no apelo feito ao grupo.

 

Os legisladores consideram que os cortes nos financiamentos de políticas de cooperação ao desenvolvimento dos muitos países agravam a condição da mulher no mundo.

 

Eles lembram que, a cada oito minutos, uma mulher morre de parto e mais de um bilhão de pessoas no mundo, na maioria das vezes mulheres e crianças, não têm acesso a um sistema de saúde pública adequado. (ANSA)

+ sobre o tema

Marieta Severo fala de papel na novela, racismo e dos ataques que sua família recebe nas redes

Atriz cita retrocessos na sociedade, celebra ressurgimento do feminismo...

DEM: Candidato de R$ 92 mi está preso por estelionato

Por: BRENO COSTA Selmo dos Santos (DEM-SP), dono declarado...

Às agressões humanas, a Terra responde com flores

Mais que no âmago de uma crise de proporções...

Lula chega a 47% na Vox Populi; maioria considera prisão injusta

“A prisão de Lula, da forma como ocorreu, parece...

para lembrar

São invioláveis a intimidade, a vida privada, a honra e a imagem

A Constituição Federal de 1988 diz que "a República...

A irmã de Obama

Fonte:Írohín - Jornal Online Edson Lopes Cardoso A questão...

Lola Aronovich – Feio é o seu racismo

Ontem, 20 de novembro, foi o Dia Nacional de...

Brancos surgiram na Europa há 5500 anos

Fonte: Época - De acordo com pesquisadores, a nova...

Fim da saída temporária apenas favorece facções

Relatado por Flávio Bolsonaro (PL-RJ), o Senado Federal aprovou projeto de lei que põe fim à saída temporária de presos em datas comemorativas. O líder do governo na Casa, Jaques Wagner (PT-BA),...

Morre o político Luiz Alberto, sem ver o PT priorizar o combate ao racismo

Morreu na manhã desta quarta (13) o ex-deputado federal Luiz Alberto (PT-BA), 70. Ele teve um infarto. Passou mal na madrugada e chegou a ser...

Equidade só na rampa

Quando o secretário-executivo do Ministério da Justiça e Segurança Pública, Ricardo Cappelli, perguntou "quem indica o procurador-geral da República? (...) O povo, através do seu...
-+=