Piauí – Mulheres, Feminismo Negro e as Violências Contemporâneas

“Construir a cidadania como exercício libertário do agir de mulheres e homens na transformação do mundo e na transformação de suas vidas neste mundo”

O AYABÁS – Instituto da Mulher Negra do Piauí tem a honra de convidar-lhe para um café da manhã formativo como parte das atividades comemorativas os 2 anos do AYABÁS.

Data: 06/09/2011

Horário: 08 as 18h.

Local: Memorial Zumbi dos Palmares – Av. Miguel Rosa, S/N Ilhotas

 


O AYABÁS – Instituto da Mulher Negra do Piauí; Organização negra que nasce no dia 06 de Setembro de 2009, inicialmente como Grupo de Mulheres Negras e atualmente AYABÁS.

AYABÁS, organização política de mulheres negras que tem por missão institucional a luta contra o racismo, sexismo, eliminação das desigualdades, valorização e promoção das mulheres negras, em particular, e da comunidade negra em geral em a honra e alegria de convidar-lhe para as comemorações do seu segundo aniversário com um café da manhã formativo, cujo tema será: “Mulheres, Feminismo Negro e as Violências Contemporâneas”.

Somos uma organização de mulheres negras com atuação no Estado do Piauí, situado no Nordeste Brasileiro, onde as demandas no que tange a luta pela igualdade de gênero e raça, bem como o cumprimento de uma agenda mínima no que diz respeito aos direitos humanos são grandes e constantes

Ademais, esta Organização Negra que nasce da luta e desejo de umas poucas mulheres negras, hoje conta com cerca de 50 mulheres negras dos mais diversos seguimentos sociais (Mulheres de Santo, profissionais do Sexo, acadêmicas, pesquisadoras, professoras…) tem crescido local e nacionalmente e, frente às demandas que surgem a cada dia, vimos este momento festivo, não somente como uma ocasião para comemorar, mas também, para formar e informar.

Diante do exposto a fim de subsidiar o desenvolvimento deste momento e com isso buscar assertivas e mecanismos indicativos para o exercício da democracia no âmbito do direito da pessoa, em especial das mulheres negras e suas individualidades no contexto social, o AYABÁS, que nesses 02 anos de existência tem trabalhado com recursos mínimos solicita a colaboração deste veículo de comunicação no sentido de

DIVULGAR nosso dia e desta forma contribuir com a luta por um mundo melhor sem racismo, violência e sexismo

O café da manhã formativo com uma ampla discussão sobre “Mulheres, Feminismo Negro e as Violências Contemporâneas” é uma ação fundamental e instrumento de combate a violência e qualidade da informação, como elementos essenciais na construção de consciências e de espaços fundamentais para a equidade social e desenvolvimento humano, embasadas nas premissas da III Conferência Mundial contra o Racismo, a Discriminação Racial, a Xenofobia e as Formas Conexas de Intolerância em Durban, na África do Sul e a adoção dos preceitos da IV Conferência Mundial sobre as Mulheres, também conhecida como Conferência de Beijing, foi realizado em Setembro de 1995, na cidade de Beijing (Pequim) capital da China.

Certa de que desta forma estamos colaborando como movimento social para um processo compartilhado de gestão e das decisões políticas que estabeleçam a equidade e igualdade humana como direito fundamental a toda pessoa, subscrevemo-nos,

Atenciosamente,

IRANEIDE SOARES DA SILVA

AYABÁS – Instituto da Mulher Negra do Piauí

Presidenta

Teresina, PI, 02 de Setembro de 2011

 


 

+ sobre o tema

Pra cima com o esforço, moçada

Não sei em qual momento a ideia do esforço...

Proposta sobre ‘cura gay’ é aprovada em comissão presidida por Feliciano

Sob o comando do deputado federal Marco Feliciano...

SPM prorroga, até 30/8, inscrições para o Pró-Equidade de Gênero e Raça

Empresas e instituições privadas e públicas que promovem...

O Movimento Negro e o Pacto Nacional – por Sérgio São Bernardo

A presidenta Dilma anunciou medidas de peso em...

para lembrar

Para comunidade quilombola, trabalhar significa ficar longe da família

por Júlia Dias Carneiro Adelvan da Paixão, de 30...

Militantes do Educafro fazem greve de fome em frente ao Palácio do Planalto

Yara Aquino   Brasília - Cinco militantes do Educafro,...

Cúpula dos Povos: afro-religiosos debaterão justiça ambiental

  No mesmo período em que o Rio...
spot_imgspot_img

João Cândido e o silêncio da escola

João Cândido, o Almirante Negro, é um herói brasileiro. Nasceu no dia 24 de junho de 1880, Encruzilhada do Sul, Rio Grande do Sul....

Levantamento mostra que menos de 10% dos monumentos no Rio retratam pessoas negras

A escravidão foi abolida há 135 anos, mas seus efeitos ainda podem ser notados em um simples passeio pela cidade. Ajudam a explicar, por...

Racismo ainda marca vida de brasileiros

Uma mãe é questionada por uma criança por ser branca e ter um filho negro. Por conta da cor da pele, um homem foi...
-+=