Plano de Aula – Africanidade: Representação crítica do continente africano

Enviado por / FontePortal do Professor

Autor e Coautor(es)Autor:  Frederico Marcelo Crochet

JUIZ DE FORA – MG COL DE APLICACAO JOAO XXIIICoautor(es):  

Estrutura Curricular

Modalidade / Nível de EnsinoComponente CurricularTema
Ensino MédioArtesArte Visual: Estruturas morfológicas
Ensino MédioArtesArte Visual: Estruturas sintáticas
Ensino MédioArtesArte Visual: Contextualização
Ensino MédioArtesArte Visual: Canal

Dados da Aula

O que o aluno poderá aprender com esta aula

·         Investigar elementos históricos, sociais, políticos e culturais do continente africano

·         Desenvolver um trabalho plástico acerca das informações levantadas em pesquisa sobre a África.

·         Incentivar o trabalho de pesquisa em livros, revistas, filmes e/ou internet.

·         Incentivar o trabalho em grupo dentro e fora da escola.

–         Incentivar a apresentação oral dos alunos perante a turma.

Duração das atividades

6 aulas de 50 minutos

Conhecimentos prévios trabalhados pelo professor com o aluno

Não é necessário nenhum conhecimento prévio.

Estratégias e recursos da aula

Aula 1:

O professor introduzirá o tema levantando o conhecimento dos alunos sobre o continente africano. Isso pode ser feito através de debate com perguntas norteadoras como as exemplificadas abaixo:

·         Qual é a primeira coisa que lhe vem à cabeça quando falamos em África?

·         Vocês têm noção de quantos países formam o continente africano?

·         Alguém aqui conhece uma celebridade africana?

·         Em que a cultura africana está presente em nosso dia-a-dia?

É provável que as falas dos alunos demonstrem uma série de estereótipos equivocados dada a pequena ênfase que, historicamente, se dá ao estudo desse continente.

O professor então dividirá a turma em grupos de no máximo 5 alunos e sorteará para cada um deles um tema de pesquisa referente a África.

Os temas serão: HISTÓRIA, GEOGRAFIA, CULTURA, POLÍTICA, SOCIEDADE e PERSONALIDADES

HISTÓRIA: O que conhecemos da história do continente africano? Como essa história influencia a nossa própria?

GEOGRAFIA: Em quantos países se divide o continente africano? Todos estes países são independentes? Quais são as principais fontes de renda nesse continente? Quais são os principais idiomas falados nos países africanos?

CULTURA: Quais são os costumes dos países africanos que se diferem dos nossos? Como a cultura africana influencia a nossa? O que conhecemos da arte africana?

POLÍTICA: Quais são as formas de governo presentes nos países africanos? Quais os principais conflitos existentes nesse continente? De que forma se dá a participação do povo no processo eleitoral dos países africanos?

SOCIEDADE: Quais as características sociais da população de diferentes países africanos? Como se distribui a renda? Quais as principais religiões? Quais são os maiores desafios sociais enfrentados pela população africana?

PERSONALIDADES: Quais são as principais personalidades africanas reconhecidas por seu próprio povo? Quais são as reconhecidas pelo resto do mundo?

Se a escola possuir um laboratório de informática, o professor deve orientar essa pesquisa de lá, auxiliando na busca de questões pertinentes a um olhar mais real do continente africano.

Os grupos terão duas semanas para realizarem suas pesquisas e prepararem uma apresentação em forma de seminário.

Aula 2:

Na segunda aula sobre o tema os alunos trarão seus roteiros de apresentação para que o professor aprecie-os individualmente. É importante que os roteiros busquem responder as perguntas propostas para cada tema e outras que os alunos, por conta própria, consideraram pertinentes.

Essa aula é destinada para que o professor forneça os materiais requisitados pelos alunos para suas apresentações e que o mesmo possa dar sugestões para enriquecer o seminário.

É interessante que o professor incentive os alunos a usarem as tecnologias que a escola dispuser, como data-show, computador, aparelho de som, etc.

Aulas 3 e 4:

As apresentações devem ser realizadas em dois dias com um sorteio no início da aula para definir a ordem.

Cada grupo deve apresentar sua pesquisa com um limite de tempo de 15 minutos utilizando os materiais por eles escolhidos, valorizando a criatividade na realização do seminário e seguindo os seguintes procedimentos:

·         Exposição temática do assunto, valendo-se para isso de uma ou mais estratégias: exposição oral, quadro-negro, slides, cartazes, filmes etc.

·          Apresentar os principais conceitos e ideias surgidos no decorrer da  pesquisa realizada.

·         Levantar os problemas sugeridos pelo grupo para posterior discussão.

·          Fornecer bibliografia utilizada.

.

Após cada apresentação, o professor deve disponibilizar alguns minutos para que os alunos possam debater acerca dos temas e conteúdos apresentados.

Aula 5:

Após a apresentação de todos os trabalhos, o professor pedirá que cada aluno escolha um tema dentre todas as informações levantadas no seminário (podendo ser algo levantado pelo grupo do aluno ou por outro grupo) para realização de uma pintura.

O professor deve projetar algumas imagens de pinturas africanas onde existe uma estilização própria das imagens, e seguindo essa linha disponibilizará tinta guache e folhas de cartolina, ou qualquer outro papel mais encorpado, cortados em tamanho A4.

É interessante que primeiro os alunos desenhem na folha com grafite comum para depois executar a pintura.

md.0000040602

md.0000040603

md.0000040604
md.0000040605
md.0000040606

http://www.griootzen.com/fotos/base/110_0a.jpg

md.0000040607

Aula 6:

Com os trabalhos prontos, o professor deverá projetar imagens com motivos africanos geométricos e pedirá que os alunos escolham uma forma de usá-los para realizar as margens de seus trabalhos.

md.0000040609
md.0000040611

md.0000041792

Essa técnica também será feita com guache em cartolina e depois colada nos trabalhos realizados na aula anterior como acabamento.

Com os trabalhos prontos, o professor deve escolher um local na escola para que os trabalhos sejam expostos.

Avaliação
A avaliação será realizada durante todo o processo e em especial no momento da apresentação do seminário, na produção artística e no final, quando todos os trabalhos serão expostos. Serão levados em consideração a participação e empenho na realização de todas as etapas da atividade, bem como o entendimento do tema abordado.

+ sobre o tema

para lembrar

“As cotas raciais são uma política liberal”

Professora do Departamento de Sociologia da Faculdade Filosofia, Letras...

‘Temos falhado em incorporar a África ao ensino’, diz historiador na Bienal

Os historiadores Alberto da Costa e Silva e Joel Rufino dos...

Criolo autor do disco mais elogiado do ano fala sobre educação

"Foi colocado implicitamente que o conhecimento é para você...

A onda liberal chega aos diretórios e aos grêmios estudantis

O liberalismo ganha espaço dentro da política estudantil das...
spot_imgspot_img

CNU: governo decide adiar ‘Enem dos Concursos’ em todo país por causa de chuvas no RS

O governo federal decidiu adiar a realização das provas do Concurso Nacional Unificado (CNU), conhecido como "Enem dos Concursos", que seriam aplicadas neste domingo...

Geledés participa do I Colóquio Iberoamericano sobre política e gestão educacional

O Colóquio constou da programação do XXXI Simpósio Brasileiro da ANPAE (Associação Nacional de Política e Administração da Educação), realizado na primeira semana de...

Aluna ganha prêmio ao investigar racismo na história dos dicionários

Os dicionários nem sempre são ferramentas imparciais e isentas, como imaginado. A estudante do 3º ano do ensino médio Franciele de Souza Meira, de...
-+=