PMDB indica substituto para Edson Santos na SEPPIR

Maior partido da base aliada, o PMDB já está de olho em mais uma vaga no governo de Luiz Inácio Lula da Silva: a Secretaria Especial de Políticas de Promoção da Igualdade Racial, pasta criada em 2003 e atualmente comandada pelo petista Edson Santos.

 

O ministro deve sair até o fim de março, pois deve tentar se reeleger deputado federal pelo Rio de Janeiro em outubro. Para o lugar dele o PMDB quer emplacar Saul Dorval da Silva, jornalista militante do movimento negro no Paraná. A indicação, segundo o partido, foi referendada durante o congresso da sigla no início do mês.

 

De acordo com Silva, que diz ser amigo do atual ministro, seu nome é consensual entre os partidos da base.

 

– Chegaram ao meu nome pelo trabalho que eu desenvolvo no Paraná.

 

Lula, no entanto, já declarou que “não vai inventar ministros” e pretende manter a opção de colocar os secretários-executivos no lugar dos ministros que vão deixar o cargo para concorrer nas eleições deste ano. Neste caso, a pasta ficaria sobre o comando de Elói Ferreira de Araújo.

 

Alheio às divisões de cargos no Planalto, Silva disse que uma vez ministro sua principal tarefa será aprovar o Estatuto da Igualdade Racial.

– A minha ida fortalece os movimentos sociais brasileiros, sou filiado ao PMDB, mas também sou do movimento negro.

Fonte: R7

-+=
Sair da versão mobile