Guest Post »

Policiais obrigam suspeitos a dançar e cantar em Pernambuco

Policiais militares de Pernambuco aparecem em vídeos exibidos na internet, humilhando suspeitos. Eles são de um batalhão chamado Rondas Ostensivas com Apoio de Motocicleta (Rocam) e deveriam combater o crime. Mas agora são alvo de uma investigação do Comando da PM, que quer identificar os responsáveis.

Do G1

Um dos vídeos mostra alguns homens algemados, sentados no carro da polícia, que são obrigados a cantar. Eles obedecem ordens de um policial militar, que ainda manda que mudem o refrão. E o constrangimento continua. “Eu sou todo feio, eu sou todo feio, eu sou todo feio”, diz um dos rapazes. O policial não se contenta e comanda uma coreografia.

Em outra gravação, dois rapazes, também algemados, são obrigados pelo policial a se beijar.

A Rocam mantém 150 policiais nas ruas. Eles são treinados para combater o crime com precisão e velocidade. Mas não é isso que se vê nas cenas postadas na internet.

Em um ano, 45 policiais foram afastados da Rocam por suspeita de desvio de conduta. Mas, até agora, o Comando da PM não conseguiu identificar quem participou dessas gravações.

Investigação

A Coordenação do Movimento Nacional dos Direitos Humanos encaminhou pedido de investigação ao Ministério Público e também solicitou ao governo do estado que aponte os autores da humilhação.

Em nota oficial, o Comando da PM de Pernambuco afirma que está indignado com os atos e classifica tais imagens como crime. Diz ainda que já tomou providências para apurações na esfera administrativa. A polícia pede ajuda da população para denunciar esses casos.

Related posts