Prefeitura de São Paulo presenteia Papa Francisco com disco “Sobrevivendo no Inferno” do Racionais MC’s

Encontro ocorreu durante seminário realizado nesta semana no Vaticano, que contou com a participação do prefeito Fernando Haddad 

no Catraca Livre

Uma cruz e o salmo 23, capítulo 3 – “Refrigere minha Alma e guia-me pelo caminho da Justiça” – estampam a capa do quarto disco do grupo Racionais MC’s, “Sobrevivendo no Inferno”. O álbum de 1997 é o presente escolhido pela Prefeitura de São Paulo para o Papa Francisco, durante viagem realizada por Fernando Haddad a um seminário realizado no Vaticano nesta semana.

A escolha partiu de um grupo de jovens da periferia paulistana, que entregou “Sobrevivendo no Inferno” ao coordenador de Políticas para Juventude, Cláudio Aparecido da Silva.  Com inúmeras menções a textos bíblicos em músicas como “Gênesis” e “Capítulo 4, Versículo 3”, ambas escritas por Mano Brown, o disco aborda temas ligados à desigualdade social, violência e o dia a dia da periferia na maior cidade da América do Sul.

Destaque para “Diário de um Detento”, faixa que buscou inspiração nos relatos do diário de Jocenir, ex-detento do extinto Carandiru, para se transformar no maior sucesso do quarteto formado, também, por Ice Blue, Edi Rock e KL Jay.

Haddad cobra compromisso ambiental 

Apesar de ainda não ter sido entregue ao pontífice,  Haddad esteve com o Papa Francisco na última terça-feira, 21 de julho. Na ocasião, o prefeito, junto com outros chefes de administrações municipais vinculados à Frente Nacional dos Prefeitos (FNP), entregou uma carta ao pontífice onde ressalta a importância do compromisso, de governos locais e prefeituras,  de reverter a crise climática global.

Lembrou também de metas estabelecidas para encontrar novos caminhos que conciliem o desenvolvimento das cidades com o  aumento de emissões de gases de efeito estufa.

Os prefeitos ainda pedem que a Organização das Nações Unidas (ONU) reconheça a importância dos governos locais na sustentabilidade do mundo e desenvolvimento humano.

O secretário de Relações Internacionais da Prefeitura, Vicente Travas, que segue em seminário em Roma, deve deixar o LP aos cuidados do Papa por meio do chanceler do Sacro Colégio.

+ sobre o tema

A leveza e o soul de Liniker chegaram ao programa ‘Tiny Desk’, nos EUA

Cantora e sua banda, os Caramelows, foram destaque na...

Um breve resumo do tráfico transatlântico de escravos

Introdução Parte I por David Eltis (Emory University) no Slave Voyages O tráfico...

“Árida” game de produção nacional coloca mulher negra e nordestina como heroína

Baseado no sertão nordestino durante o século 19, o...

Winnie Mandela, militante sul-africana contra o apartheid, morre aos 81 anos

Winnie Madikizela-Mandela, militante sul-africana que lutou contra o apartheid,...

para lembrar

Elza Soares e Emicida

A carreira de Emicida teve início no começo dos...

Escritores brasilienses ressignificam o legado de Cruz e Sousa

São nomes que possuem importância na literatura negra do...

‘Venho me preparando desde 2006′, diz Erick Jay, vencedor do DMC World DJ

Vencedor do DMC World DJ Championship, Erick Garcia, o Erick...
spot_imgspot_img

Tony Tornado relembra a genialidade (e o gênio difícil) do amigo Tim Maia, homenageado pelo Prêmio da Música Brasileira

Na ausência do homenageado Tim Maia (1942-1998), ninguém melhor para representá-lo na festa do Prêmio da Música Brasileira — cuja edição 2024 acontece nesta quarta-feira (12),...

Violência contra territórios negros é tema de seminário com movimentos sociais em Salvador

Diante da escalada de violência que atinge comunidades negras e empobrecidas da capital e no interior da Bahia, movimentos sociais, entidades e territórios populares...

Flávia Souza, titular do Fórum de Mulheres do Hip Hop, estreia na direção de espetáculo infantil antirracista 

Após mais de vinte anos de carreira, com diversos prêmios e monções no teatro, dança e música, a multiartista e ativista cultural, Flávia Souza estreia na...
-+=