Presidente de escola de samba é preso pela PF

Uma operação da PF prendeu 24 pessoas ontem no Rio, entre elas o presidente da escola de samba Unidos de Vila Isabel, Wilson Vieira Alves (o Moisés), dois diretores da escola e seis policiais.

Moisés é acusado de comandar a máfia dos caça-níqueis em Niterói e São Gonçalo. Para controlar os comerciantes envolvidos no esquema, a quadrilha usava selos como alvará, que eram trocados mensalmente mediante uma taxa mensal de até R$ 300.

 

Fonte: Folha de S.Paulo

+ sobre o tema

Prefeitura de São José dos Campos retira obra sobre mulheres cientistas das escolas

A prefeitura de São José dos Campos (SP) recolheu...

A direita parlamentar parece ter perdido sua bússola moral

Com o objetivo de adular a extrema direita e...

Saiba quem são os deputados que propuseram o PL da Gravidez Infantil  

A Câmara dos Deputados aprovou, nesta quarta-feira (12), a...

para lembrar

A catarse da classe média

Curiosamente os consumidores do Facebook encontraram um novo lugar...

Temer e Terceirização: Empresários batem palmas, trabalhadores pagam o pato

Esta notícia é para você, caro amigo trabalhador, cara...

Também se flutua de véspera – por Fernanda Pompeu

Na sexta-antes-do-carnaval, se assanha o bloco carioca Concentra mas não sai....

Com PL do aborto, instituições temem mais casos de gravidez em meninas

Entre 1º de janeiro e 13 de maio deste ano, foram feitas 7.887 denúncias de estupro de vulnerável ao serviço Disque Direitos Humanos (Disque...

‘Criança não é mãe’: manifestantes em todo o Brasil protestam contra PL da Gravidez Infantil

Diversas cidades do país receberam na noite desta quinta-feira (13) atos de movimentos feministas contra o projeto de lei que equipara aborto a homicídio,...

É sórdido condenar vítima de estupro por aborto

É sórdido e apequena a política o Projeto de Lei que ameaça condenar por homicídio meninas, jovens e mulheres que interromperem gestações, ainda que...
-+=