Projeto ‘Sexualidade e Ignorância’ reflete sobre sofrimento causado por homofobia (FOTOS)

Você já ouviu ofensas por ser gay? Estas pessoas, já.

Por Diego Iraheta Do Brasil Post

E as palavras reverberaram, marcando a dor por ser diferente:

o-AFEMINADO-900

Expor as feridas de pessoas que foram discriminadas por causa da orientação sexual é o objetivo da galeria Sexualidade e Ignorância, produzida por estudantes da Jornalismo Júnior, empresa dos alunos de jornalismo da USP (Universidade de São Paulo).

Inspiradas no ensaio “Ah, branco, dá um tempo!, sobre racismo na UnB (Universidade de Brasília), as fotógrafas Carolina Tiemi e Natalie Majolo foram para as ruas colher depoimentos de vítimas de homofobia:

o-GAY-BRASIL-900

 

A iniciativa foi divulgada em diversas comunidades LGBT de universidades paulistas. E o resultado: dezenas de pessoas decidiram representar seu sofrimento, conforme conta o diretor de audiovisual da Jornalismo Júnior, Marcos Vinícius Nona:

“A adesão foi muito grande. Foi ótimo ver o pessoal sujando a mão de tinta e escrevendo cartazes. Eu ouvi as histórias por trás de cada frase. Muitas pessoas se emocionaram, ficavam emocionadas ao lembrar [os insultos]. É a evidência de que aquela agressão verbal pode deixar uma cicatriz pelo resto da vida.”

slide_440216_5800856_compressed

“A adesão foi muito grande. Foi ótimo ver o pessoal sujando a mão de tinta e escrevendo cartazes. Eu ouvi as histórias por trás de cada frase. Muitas pessoas se emocionaram, ficavam emocionadas ao lembrar [os insultos]. É a evidência de que aquela agressão verbal pode deixar uma cicatriz pelo resto da vida.”

O ensaio também remete a outro projeto feito em Blumenau (SC).

O propósito da fotógrafa Sabrina Marthendal foi retratar as vítimas de homofobia no interior do País.

o-GAY-BRASIL-900 (1)

 

E você? O que já ouviu por ser diferente? Deixe seu comentário para gente.

+ sobre o tema

para lembrar

Caso Coari: infância assassinada pela lógica do consumo de sexo de meninas

Em artigo, assessora política do Inesc, Márcia Acioli, trata...

Irmã de Luana Barbosa alega racismo e homofobia, e pede ‘júri popular’ a PMs

Testemunhas foram ouvidas na 1ª audiência do caso, marcada...

Faltava falar das flores

Eu sou conversadeira, sempre fui. Minha mãe, Dona Anna,...

Conceição Evaristo recebe Medalha Pedro Ernesto na Câmara Municipal do Rio

A escritora mineira Conceição Evaristo (70) será homenageada pela...
spot_imgspot_img

Aborto legal: ‘80% dos estupros são contra meninas que muitas vezes nem sabem o que é gravidez’, diz obstetra

Em 2020, o ginecologista Olímpio Moraes, diretor médico da Universidade de Pernambuco, chegou ao hospital sob gritos de “assassino” porque ia interromper a gestação...

O que está em jogo com projeto que torna homicídio aborto após 22 semanas de gestação

Um projeto de lei assinado por 32 deputados pretende equiparar qualquer aborto realizado no Brasil após 22 semanas de gestação ao crime de homicídio. A regra valeria inclusive para os...

Moraes libera denúncia do caso Marielle para julgamento no STF

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), liberou nesta terça-feira (11) para julgamento a denúncia da Procuradoria-Geral da República (PGR) contra...
-+=