Guest Post »

Qual o problema de um atleta ser gay?

Ficamos revoltados quando um jogador de futebol negro é chamado de “macaco” ou quando alguns racistas imbecis atiram cascas de banana no gramado, por sinal, me admira que em pleno século 21 ainda existam pessoas ignorantes com esse tipo de pensamento!

O repúdio é total, a repercussão é grande e o sentimento de indignação é muito forte e não é para menos.

Porém, lendo a edição da Folha de São Paulo dessa quarta-feira, a minha repulsa foi a mesma ao ler uma entrevista de um jogador de vôlei chamado Michael, do Vôlei Futuro que foi chamado de bicha praticamente por todas as pessoas que estavam no ginásio em Contagem (MG) para assistir a partida contra o Cruzeiro.

Segundo o próprio atleta que depois desse fato resolveu assumir publicamente sua homossexualidade, os ataques vinham por todos os lados, até de crianças, mulheres e pessoas mais velhas, ou seja, intolerância não tem idade!

Nas palavras do Michael, após a partida no vestiário ele disse: “Caramba, sou um monstro, então”.

Que absurdo, pois, cada um tem o direito de escolher a sua opção sexual, as pessoas tem o direito de ser feliz como elas querem e dane-se o que os outros irão pensar ou falar!

Mas, humilhar e constranger uma pessoa em público pelo único fato dela gostar de outra pessoa do mesmo sexo é mais um preconceito idiota.

Nos outros esportes a intolerância é grande, mas a repercussão não é tanta, porém, se fosse no futebol a coisa seria insustentável por ser um ambiente extremamente machista e claro, por ser um esporte com muito mais apelo na mídia.

Enfim, deixo aqui a pergunta:

Qual o problema de um atleta ser gay? No que isso prejudica? Atrapalha em que?

Pois é, a hipocrisia reina absoluta…

TWITTER:@Benja97

 

 

Fonte: Blogs.lancenet

Related posts