Qual o seu caminho? – Por Fernanda Pompeu

Qualquer um de nós sabe – ou um dia saberá – que não importam os caminhos, mas o caminhar. Dito de melhor forma, um caminho não significa nada se a gente não passar por ele. O poeta espanhol António Machado (1875-1939) sintetizou isso em versos brilhantes: “Caminante, no hay camino. Se hace camino al andar.”

Quando eu era adolescente, há anos-dinossauros, uma professora de português – cujo nome a memória apagou, mas não o conselho – disse: “Para escrever, você deve criar seu próprio caminho. Não adianta copiar o dos outros.”

Na época, compreendi mais ou menos o recado. Naquele então, eu achava que os caminhos eram públicos e qualquer pessoa podia transitar por eles. O que é verdade para as estradas, picadas, ruas, calçadas e até becos.

Mas o caminho ao qual a professora se referia não se assenta sobre grama, terra batida, cimento, areia, asfalto. Para construí-lo é preciso material de dentro: tempo vivido, histórias nossas e dos outros, livros lidos, filmes vistos, folhas de rascunhos sem fim.

Repensando, nem existe caminho no singular. O que trilhamos é plural. Pois vamos para frente, recuamos, retornamos, pegamos atalhos. Às vezes, dá em algo que gostamos. Outras, dá em nada e nos obriga a recalculamos uma nova direção.

No fundo, nunca paramos o desejo de pedalar. Cada qual atrás do seu parto, ponto, porto. Para alguns o caminho é o trabalho, para outros é a vida pessoal. Há quem sue as palmas dos pés para obter o autoconhecimento, há quem corra para aonde a grana está.

A descoberta é que não adianta tentar copiar o caminho do homem mais rico. Nem funciona tentar repetir o caminho da mulher mais sábia. Procure na biografia deles e você encontrará que, em algum momento de vida, eles inventaram caminhos próprios.

Daí você conclui que terá que caminhar seu caminho. Mas não esqueça de levar muita vontade e água. Provisões de alimento e entusiasmo. Régua e compasso ajudam, mapas e roteiros também. Mas o que não pode mesmo faltar é o seu medo e a sua coragem.

 

Fonte: Yahoo

+ sobre o tema

Coalizão de entidades lança campanha por mais negros nos parlamentos

A Coalizão Negra por Direitos, que reúne mais de...

Kenarik Boujikian é nomeada para a Secretaria Nacional de Diálogos Sociais da Presidência

A desembargadora aposentada do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) Kenarik...

Precarização do trabalho rural impacta mais pessoas negras e mulheres

Um relatório da Oxfam Brasil indica que mulheres e pessoas negras...

Em Ceilândia, Anielle Franco anuncia R$ 1,6 milhão para organizações

A ministra da Igualdade Racial, Anielle Franco, anunciou, nesta...

para lembrar

Ex-ministra da França lança candidatura para unir esquerda contra Macron

A ex-ministra da Justiça francesa Christiane Taubira se lançou...

Qual a sua Geni? Chico Buarque – Geni. – Por Fernanda Pompeu

  Faz trinta e seis anos, Chico Buarque compôs uma...

Nova segunda fase da Fuvest começa no domingo

A segunda fase da Fuvest começa neste domingo (3)....

Machismo e racismo dentro e fora do BBB

por Karen Polaz de Blogueiras Feministas Não sou fã...

OABRJ levará absolvição dos policiais no caso João Pedro ao STF

A Ordem dos Advogados do Brasil do Rio de Janeiro (OABRJ) levará o caso da absolvição dos policiais na morte do jovem João Pedro...

O grande bazar de direitos

Rodrigo Pacheco, presidente do Senado, declarou nesta semana estar "muito entusiasmado com a iniciativa do STF  de, ao invés de simplesmente decidir pela inconstitucionalidade daquilo que...

Mães de vítimas da violência policial em SP, RJ e BA vão à Comissão Interamericana de Direitos Humanos denunciar o Estado brasileiro

Representantes de movimentos de mães de vítimas da violência do Estado e organizações de direitos humanos como Anistia Internacional, Conectas Direitos Humanos, Instituto Vladimir...
-+=