quinta-feira, dezembro 1, 2022
InícioEm PautaQuem disse que preto não dá ibope

Quem disse que preto não dá ibope

Um dos assuntos mais comentados dessa semana foi o caso das babas de Fernanda Lima. No meio de tanta discussão, muitos defendendo a apresentadora, outros levantando a questão racial presente na situação, me deparei com uma coisa que talvez possa ter passado despercebida.

Enviado por Natália Sena via Guest Post para o Portal Geledés

Não é a primeira vez que o nome de Fernanda Lima é relacionado com racismo. Tudo começou quando a Fifa escolheu a apresentadora e seu marido para apesentarem sorteio dos grupos da Copa. Fernanda estava em todos os portais de comunicação, dentro e fora do pais. Claro que a apresentadora não perderia a oportunidade de divulgar seu trabalho em um evento tão importante, afinal isso atrairia muito mais trabalhos. Isso não seria problema se o evento não estivesse cercado pela suspeita racismo por parte da Fifa por ter vetado Lazaro Ramos e Camila Pitanga. Por conta desse veto Fernanda fez a primeira associação de nome com racismo.

Na segunda vez foi com o seguinte comentário sobre o evento Fifa: “Fui convocada e como tal aceitei e vou fazer o meu trabalho. O que eu tenho a ver com isso? Só porque eu sou branquinha?”. Mais uma vez Fernanda aparece em todos os portais de comunicação , programas de tv e revista.

Terceira vez: Cada Macaco no seu Galho. A apresentadora cantou e dançou a música Cada Macaco no seu Galho acompanhada por dançarinos fantasiados de macacos. Na ocasião causou a ira entre internautas, pessoas se perguntavam como ela pode fazer o programa com aquela musica passado tão pouco tempo depois do evento da Fifa envolvendo seu nome.

Quarta vez foi também com as babas que tiveram que levar carrinhos de bebê em baixo da chuva porque não cabiam no carro da apresentadora. Mais uma vez muita discussão em torno dela.

Em todos os casos citados acima Fernanda Lima teve inúmeras pessoas  defendendo-a  e achando uma grande injustiça o que a mídia estaria fazendo ao divulgar esses casos. Mas fico me perguntando, Fernanda Lima não tem uma assessoria de marketing? Todas as vezes em que ela consegue ficar em todos os meios de comunicação é com polêmicas com suposição racista de pessoas mal intencionadas? Uma pessoa que ja passou por todo esse histórico não tomaria cuidado para evitar essa associação do seu nome com o racismo?

Fernanda não é a unica que ganha mais visibilidade e fama com este tipo de polêmica. Existem vários artistas e não artistas que postam comentários racistas em suas redes sociais exatamente com esse proposito e depois dizem “essa não foi minha intenção “. Será mesmo? ou argumentam que quem reclama de racismo ou discute a questão racial no Brasil só faz muito mimimi. Será mesmo?

Não estou aqui para defender ou acusar ninguém, só expondo algo que percebi.

Talvez para certas pessoas o que importa é estar em todos os meios de comunicação a qualquer preço.!

Artigos Relacionados
-+=
PortugueseEnglishSpanishGermanFrench