Guest Post »

Racismo deixa pai de Hamilton em dúvida sobre Fórmula 1

Talvez esse não seja o lugar para minha família’, afirma Anthony Hamilton após perseguição de espanhóis

Fonte: Estadão 

Foto: Getty Images

LONDRES – Anthony Hamilton, pai do novo campeão de Fórmula 1 Lewis Hamilton, disse que insultos racistas e abusos têm lhe provocado dúvidas sobre se seu filho deve continuar competindo no esporte.

“Talvez esse não seja o lugar para minha família”, disse o pai de Hamilton ao jornal Daily Express. “Eu nunca disse isso a Lewis, você vai para casa e pensa: ‘eu não achava que o mundo estava assim’.”

“Eu não acredito que esse racismo é de tudo honesto. Se é eu não entendo. Eu acredito que não seja eu o único a ficar chocado, acredito que todo mundo está chocado.”

Lewis Hamilton, de 23 de anos, se tornou o campeão de Fórmula 1 mais jovem da história ao terminar o Grande Prêmio do Brasil em quinto no domingo.

Na contagem regressiva para corrida, o piloto da McLaren foi alvo de mensagens hostis publicadas por fãs racistas em uma página de Internet em espanhol.

“O aspecto positivo para este final de semana não é apenas para as pessoas da nossa cor, é para todo mundo”, disse Anthony. “O mundo está em desordem eu gosto de acreditar que nós estamos sendo um exemplo para manter a dignidade, tendo respeito por cada um, sendo honesto”.

“A vaia da multidão aqui [no Brasil] é talvez algo que não teríamos no Reino Unido.”

Hamilton conquistou o título da Fórmula 1 ao terminar o campeonato um ponto à frente do brasileiro Felipe Massa, que venceu a corrida do domingo em Interlagos, mas ficou com o vice-campeonato mundial.

 

Related posts