Racismo: Homem é brutalmente espancado no centro de Embu das Artes

por Karen Santiago

Um homem enquanto passeava com sua namorada, na noite do último sábado, dia 17, foi brutalmente espancado na praça central (turística) de Embu das Artes. Dois rapazes de classe média, acusados de agredir o jovem, foram presos logo após espancarem a vítima. O motivo tudo indica que é racismo.

As imagens do jovem sendo espancado foram gravadas pelo circuito de câmeras de videomonitoramento da cidade de Embu das Artes. A vítima de 43 anos, teria sido abordada pelos dois rapazes com chutes e socos.

As imagens mostram a vítima tentando fugir, por aproximadamente 100 metros, mas é alcançada e jogada ao chão pelos dois agressores. A partir deste momento o espancamento é maior e após diversos chutes no rosto, no peito e na cabeça, a vítima desmaia, mesmo assim continua apanhando em quase 5 minutos de violência.

Os jovens, após as agressões, saíram do local, como se nada tivesse acontecido, segundo consta nas imagens de videomonitoramento. A namorada do homem acionou a polícia militar que conseguiu prender os acusados, um pouco depois do local do crime.

Na Delegacia, o homem contou em entrevista ao Brasil Urgente da TV Bandeirante, que a todo o momento, durante a agressão, os agressores o chamaram de folgado, vagabundo, maloqueiro e preto amaldiçoado.

Os dois jovens resistiram à prisão e agrediram também policiais e guardas municipais porque não queriam ser algemados. Os dois foram presos em flagrante por tentativa de homicídio e se condenados podem pegar de seis a vinte anos de cadeia. A ocorrência foi registrada no Distrito Policial de Embu das Artes.

Fonte: Jornal Net

+ sobre o tema

A Morte sem pena

eles não portavam armas nem drogas. Por Lelê Teles Do Fasto...

Advogada negra é algemada ao pedir para rever processo em fórum de Caxias

Caso aconteceu na manhã desta segunda-feira Uma advogada negra foi...

A cor da universidade e a importância das Ações Afirmativas

Claudia Calmon * andré lázaro ** Rio de Janeiro,...

para lembrar

Eduardo Pereira da Silva: Breve nota sobre o direito de defesa

Há pouco mais de sessenta anos, a obra “O...

Tokenismo e inclusão na Bolsa

Encerra-se na sexta-feira (16) uma consulta pública aberta pela...

“Existe uma guerra contra pessoas”, diz ativista sobre ação da PM na Favela do Moinho

Nathália Oliveira, do INNPD, avalia que caso é um...
spot_imgspot_img

Prisão de torcedores deveria servir de exemplo para o futebol brasileiro

A condenação de três torcedores racistas na Espanha demonstra que, apesar da demora, estamos avançando em termos de uma sociedade que quer viver livre...

Futuro da gestão escolar

A educação pública precisa de muitos parceiros para funcionar. É dever do Estado e da família, com colaboração da sociedade, promover a educação de todas as...

Educação para além dos muros da escola

Você pode fornecer escolas de qualidade para os mais pobres e, mesmo assim, talvez não veja a mudança na realidade do país que se...
-+=