Racismo: Tribunal de Justiça condena votuporanguense em R$ 5 mil por chamar atendendente de ‘urubu’

O Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo condenou a moradora de Votuporanga Ivone Roveda a pagar R$ 5 mil em indenização por danos morais ao atendente de supermercado, Antonio Marcos Amaral, por tê-lo chamado de “urubu”. De acordo com o desembargador relator Fortes Barbosa, “no caso concreto, a palavra “urubu” foi usada de forma pejorativa, para ofender o apelado, pessoa simples, atendente de supermercado, com cerca de 18 anos de idade (…) a ofensa foi concretizada e o dano moral, dada a reação do apelado, que ficou abalado e muito triste, está presente e precisa ser ressarcido”.

O desembargador cita ainda que Ivone infringiu o artigo 186 do código civil, que classifica como ato ilícito “aquele que, por ação ou omissão voluntária, negligência ou imprudência, violar direito e causar dano a outrem, ainda que exclusivamente moral”. Segundo a advogada Rita Amelia de Paula, Amaral estava trabalhando quando Ivone começou a retirar as etiquetas de preços de algumas frutas ele então a advertiu para que não fizesse isso, diante disso a mulher passou a ofendê-lo e gritar no mercado.

“No pedido inicial foi solicitada indenização de R$ 100 mil, porém a Justiça de Votuporanga fixou em R$ 10 mil e o TJ decidiu condená-la a pagar R$ 5 mil. Não pretendo recorrer”, afirma a defensora. O advogado de Ivone, Gilberto Aparecido Nascimento não foi localizado, assim como Ivone também não foi encontrada para comentar a decisão que ainda cabe recurso.

 

Fonte: Região Noroeste

+ sobre o tema

Justiça do Trabalho adota cotas para afrodescendentes

  O Conselho Superior da Justiça do Trabalho...

Qual é o problema de um James Bond negro?

por  Bruno Carmelo no Adoro Cinema A polêmica sobre o...

West Ham dá suspensão perpétua a torcedor racista

O diário inglês "Daily Mail" publica nesta terça-feira...

para lembrar

Cota é reparação, não racismo, diz especialista

Fonte: Rádio Grande FM   O Diário MS...

Mídia e o Estado: o jovem negro não é troféu para expor à sociedade!

A escolha das nomenclaturas, das manchetes e a abordagem...

No Dia Nacional de Combate à Discriminação Racial, senadores pedem fim do preconceito

Ao lembrar o Dia Nacional de Combate à Discriminação...
spot_imgspot_img

Prisão de torcedores deveria servir de exemplo para o futebol brasileiro

A condenação de três torcedores racistas na Espanha demonstra que, apesar da demora, estamos avançando em termos de uma sociedade que quer viver livre...

Futuro da gestão escolar

A educação pública precisa de muitos parceiros para funcionar. É dever do Estado e da família, com colaboração da sociedade, promover a educação de todas as...

Educação para além dos muros da escola

Você pode fornecer escolas de qualidade para os mais pobres e, mesmo assim, talvez não veja a mudança na realidade do país que se...
-+=