Rafinha Bastos fora da Band

“Rafinha (Bastos) pediu demissão”, diz executivo da Band

Alto funcionário da emissora confirma a notícia de que o humorista quer deixar o “CQC”, mas diretoria ainda não tomou decisão

Após duas semanas afastado do “CQC”, Rafinha Bastos pode deixar de vez a atração. A notícia de que o humorista tinha pedido demissão – dada pelo colunista Flávio Ricco na manhã desta terça (11) – foi confirmada por um executivo da Band ao iG. “Ele pediu, mas não sei se aceitaram”, diz ele.

De acordo com a matéria publicada hoje, Rafinha tenviou seu pedido de demissão na semana passada, mas nenhuma decisão foi tomada ainda por conta da multa recisória e porque a diretoria da Band está em um feira em Cannes, na França.

O empresário de Rafinha Bastos, Ítalo Gusso, desconhece a informação e a assessoria da Band diz que “até ontem ele não tinha pedido demissão”. Sobre o afastamento do humorista pela segunda semana seguida no “CQC”, a emissora diz que isso “já estava programado por conta do Dia das Crianças”. Na noite dessa segunda (10), Rafinha foi substituído na bancada por Oscar Filho e na semana anterior, por Monica Iozzi.

Fonte: IG

+ sobre o tema

Divas negras contra o racismo

De Billie Holliday a MC Soffia, passando por Clementina,...

Quando o futebol vai lutar contra a homofobia?

Nos últimos anos, o cerco ao racismo no futebol...

Lugar de fala e ético-política da luta

O lugar de fala é o lugar democrático em...

Viva a nós e as águas: representação das mulheres negras no cinema

Hoje gostaria de começar a dispor dos meus 15...

para lembrar

Porque marcham as mulheres negras?

Programa O ciclo propõe refletir acerca do papel da mulher...

Segunda edição do evento Mulheres Digitais acontece em março

Acontece no dia 12 de março a segunda edição...

Como o Reino Unido está promovendo o debate de gênero e sexualidade nas escolas

Ninguém nasce machista, homofóbico, racista ou transfóbico. Aprendemos a...

O direito ao próprio corpo: o processo Cairo+20

O Dia Internacional da Mulher é uma excelente ocasião...
spot_imgspot_img

O que está em jogo com projeto que torna homicídio aborto após 22 semanas de gestação

Um projeto de lei assinado por 32 deputados pretende equiparar qualquer aborto realizado no Brasil após 22 semanas de gestação ao crime de homicídio. A regra valeria inclusive para os...

Justiça brasileira não contabiliza casos de homotransfobia, cinco anos após criminalização

O STF (Supremo Tribunal Federal) criminalizou a homotransfobia há cinco anos, enquadrando o delito na lei do racismo —com pena de 2 a 5 anos de reclusão— até que...

Maria da Conceição Tavares: quem foi a economista e professora que morreu aos 94 anos

Uma das mais importantes economistas do Brasil, Maria da Conceição Tavares morreu aos 94 anos, neste sábado (8), em Nova Friburgo, na região serrana do Rio...
-+=