sexta-feira, janeiro 27, 2023
InícioQuestão RacialCasos de RacismoRainha do Carnaval denuncia que sofreu racismo ao sair de clube

Rainha do Carnaval denuncia que sofreu racismo ao sair de clube

Juliana Santos foi ofendida durante um aniversário de família, no último sábado e denunciou na Delegacia das Minorias.

A rainha do Carnaval 2010 de Teresina, Juliana Márcia dos Santos, registrou queixa na Delegacia das Minorias após sofrer discriminação racial ao sair de uma festa no Clube do Servidor, no bairro Matadouro.

Juliana conta que, no último sábado, às 17h30, saindo da festa, Juliana foi chamada de “Negra Sabacu” por um rapaz. Numa segunda oportunidade, ele teria lhe chamado de “rapariga”.

A rainha, que também é professora de dança da Prefeitura de Teresina, contou que era festa de aniversário de um amigo de sua família no Clube do Servidor Municipal. A primeira ofensa ocorreu no momento em que ela saiu do clube para ir na farmácia ao lado. A segunda ofensa se deu no momento que ela voltava para o clube.

rainha

“O que me chateou não foi ele me chamar de negra. Meus amigos me chamam de negra de forma carinhosa. O que me deixou arrasada foi a falta de respeito, o preconceito”, declarou a professora.

Segundo Juliana, o agressor seria filho de uma amiga de sua mãe e, segundoela, não tinha contato com ele.

 

A audiência acontece na próxima quinta-feira(22), às 10 horas.

rainha3

 

 

 

Fonte: Cidade Verde

Artigos Relacionados
-+=
PortugueseEnglishSpanishGermanFrench