Renda de negros é quase metade da dos brancos

 

Pesquisa do IBGE ainda aponta que mulheres seguem recebendo menos do que os homens.

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) apresentou, nesta quinta-feira (30), a pesquisa de emprego de 2014. O estudo concluiu que negros ganham, em média, 57,4% do rendimento recebido por trabalhadores brancos no Brasil.

Pessoas de cor preta ou parda recebem, em valores reais, R$ 1.374,79, em média. Brancos, ganham R$ 2.396,74. Porém, em dez anos, a desigualdade diminuiu. O salario de negros aumentou 51,4%, enquanto que os vencimentos dos brancos subiu 27,8%, em relação a 2003.

Gênero

Mulheres ganham, em média, 73,6% do total recebido por homens. Se transformados em valores reais, os salários de homens chegam a R$ 2.195,30, enquanto que mulheres recebem R$ 1.614,95.

 

 

Fonte: Revista Fórum

 

+ sobre o tema

Projeto obriga médicos formados com recursos públicos a exercício social da profissão

Médicos formados por meio de custeio com recursos públicos,...

Lideranças de matriz africana divulgam texto orientador em plenária da III CONAPIR

Produzido coletivamente, o texto foi lido por Makota Valdina...

Festival sobre a mulher negra da África, América Latina e Caribe começa hoje em Brasília

Brasília – Mesclando debates sobre políticas públicas, literatura,...

para lembrar

Mackenzie expulsa estudante que gravou vídeo armado e ameaçou matar negros

Pedro Baleotti, eleitor de Jair Bolsonaro, divulgou um vídeo...

Meninos vítimas de racismo em hipermercado reconhecem mais um segurança suspeito de agressão

Outro funcionário do Extra já havia sido reconhecido em...

Shopping de área nobre de SP quer apreender crianças de rua e entregar para PM

Estabelecimento no bairro de Higienópolis, uma das regiões mais...

Anulação de provas do Enem gera ataques de xenofobia

OAB-CE vai analisar os comentários para decidir sobre a...
spot_imgspot_img

Quanto custa a dignidade humana de vítimas em casos de racismo?

Quanto custa a dignidade de uma pessoa? E se essa pessoa for uma mulher jovem? E se for uma mulher idosa com 85 anos...

Unicamp abre grupo de trabalho para criar serviço de acolher e tratar sobre denúncias de racismo

A Unicamp abriu um grupo de trabalho que será responsável por criar um serviço para acolher e fazer tratativas institucionais sobre denúncias de racismo. A equipe...

Peraí, meu rei! Antirracismo também tem limite.

Vídeos de um comediante branco que fortalecem o desvalor humano e o achincalhamento da dignidade de pessoas historicamente discriminadas, violentadas e mortas, foram suspensos...
-+=