Ruth de Souza qualifica como despeito ataques a Taís Araújo e diz como enfrenta o preconceito: ‘Nunca baixar a cabeça’

Em 94 anos de vida e 70 de carreira, Ruth de Souza não esperava que em pleno 2015 ainda testemunharia uma colega de profissão ser alvo de ataques racistas: “O que fizeram com a Taís Araújo foi uma estupidez. Para mim, é tudo fruto de muita inveja e despeito. Ela virou alvo porque é uma mulher de sucesso e isso incomoda”.

Do Extra

Pioneira, ela sabia que enfrentaria uma batalha pela frente ao decidir ser atriz na década de 40. Na profissão, Ruth encontrou dificuldades, mas aprendeu desde cedo como enfrentar o preconceito. “Minha mãe sempre me ensinou a ter postura e firmeza, e nunca baixar a cabeça. As portas foram se abrindo para mim dessa forma. Mas ouvia sempre ‘lá vem aquela negrinha metida’”, lembra.

 

Um episódio na vida da atriz, ainda no começo da carreira, acabou virando História. “Eu e um grupo de amigos negros fomos proibidos de entrar num baile de carnaval do Hotel Glória. Foi em 1947. Fizemos um protesto e criamos uma mobilização que acabou originando a Lei Afonso Arinos alguns anos depois”, conta Ruth de Souza, lembrando a primeira lei que caracterizou como contravenção penal a prática de atos resultantes de preconceitos de raça ou de cor.

 

ruth-de-souza1
Ruth de Souza quando posou para o livro “Black Faces” Foto: Marta Azevedo/ divulgação

+ sobre o tema

SAG Awards consagra Chadwick Boseman e Viola Davis em premiação histórica

O SAG Awards, premiação do Sindicato dos Atores dos...

Festival de Turismo “Mulheres no Mapa”

O ANGANA - Núcleo de Pesquisa e Educação Patrimonial...

Brasileira eleita miss Italia nel Mondo incentiva misses negras: “Nunca desistam!”

Silvia Novais, 25, é uma miss vitoriosa: foi miss...

Mc Soffia vira destaque em site internacional após abertura de Olimpíada Rio 2016

Mc Soffia, de 12 anos, conquistou os estrangeiros e...

para lembrar

Lauryn Hill fará show único no Brasil em 2019

Apresentação em São Paulo faz parte de turnê que...

Por uma outra globalização (Parte I), de Milton Santos

Por Milton Santos  Do GGN Seleção de Doney Editora: Record ISBN: 978-85-0105-878-2 Opinião:...

Donna Summer morre aos 63 anos devido a um câncer de pulmão

A cantora Donna Summer morreu na manhã desta quinta-feira...

Bailarino brasileiro dança em Paris ao som de Coltrane

A coreógrafa belga Anne Teresa de Keersmaeker, da companhia...
spot_imgspot_img

‘Bad Boys 5’ já está sendo discutido, afirma produtor

‘Bad Boys: Até o Fim‘ estreou há apenas uma semana, mas um 5ª filme para a franquia estrelada por Will Smith e Martin Lawrence já está sendo discutido. A...

 Interprete da trilha sonora da novela Renascer, Xenia França participa do disco de José James

Vencedora do Grammy Latino de 2023 com seu disco "Em nome da Estrela" e intérprete da canção “Lua Soberana”, trilha sonora da novela Renascer...

Sambista ligada ao rap, Leci Brandão rebate críticas de Ed Motta: ‘Elitista’

Leci Brandão, 79, rebateu com estilo as recentes declarações de Ed Motta, que chamou de "burros" os fãs de hip hop, "sem exceção". Sem citar...
-+=