São Paulo – O que abre e fecha neste Carnaval

Confira o funcionamento das instalações municipais durante o carnaval:

Transporte – O Sistema de Transporte Urbano opera todos os dias com redução da frota. No sábado e na segunda,70% dos coletivos estarão em circulação. No domingo e na terça, apenas 50%.

Para o feriado prolongado, o Metrô vai ampliar o número de viagens na sexta-feira, para atender os viajantes que deixarão a cidade pelos terminais rodoviários do Tietê, Jabaquara e Barra Funda. Já na quarta-feira de cinzas, as operações nas linhas 1-Azul e 3-Vermelha terão início antecipado para as 4h.

Na Linha 2-Verde, com exceção das estações Vila Prudente e Tamanduateí – que operam das 8 às 17h -, as estações começarão a funcionar às 4h30. Na segunda-feira, a frota em circulação seguirá o horário de sábado e, na terça, o número de trens em operação será o mesmo dos domingos.

Já a Ponte Orca que liga a Estação Vila Madalena do Metrô à Cidade Universitária, da CPTM, e as estações Tamanduateí (CPTM) e Sacomã (Metrô) funcionarão normalmente na segunda-feira. No dia seguinte, no entanto, não entrará em funcionamento.

Procon – O atendimento pessoal não funciona nos dias 7 e 8. Neste sábado, os postos abrirão das 7 às 13h; já na quarta, funcionará das 13h às 19h.

Bancos – Os bancos voltam a abrir na quarta-feira de Cinzas, a partir do meio-dia. Contas com vencimento para o período de carnaval podem ser pagos no dia 9 sem incidência de multa, segundo a Febraban.

Poupatempo – As agências funcionarão voltam a funcionar na quarta-feira, às 13h. Nos outros dias, segue fechado.

Saúde – Os serviços de saúde funcionarão normalmente, com atendimento 24 horas em hospitais, prontos-socorros e alguns postos do Atendimento Médico Ambulatorial (AMA). As Unidades Básicas de Saúde (UBSs) e as AMAs Especialidades ficarão fechadas entre sábado e terça, reabrindo para atendimento quarta-feira, ao meio-dia.

Verde e Meio Ambiente – Todos os parques municipais abrirão nos horários habituais, com exceção do Jardim da Luz, que fica fechado às segundas-feiras.

Cultura – Abrirão apenas nos dias 5 e 6: Capela do Morumbi, Casa do Bandeirante, Casa do Grito, Casa Modernista, Casa do Tatuapé, Centro Cultural São Paulo, com exceção da biblioteca, Galeria Olido, Monumento à Independência (Capela Imperial), Museu do Theatro Municipal, Sítio da Ressaca, Sítio Morrinhos, teatros Artur Azevedo, Cacilda Becker, Décio de Almeida Prado, João Caetano, Paulo Eiró e Zanoni Ferrite. Nos dias 7 e 8, os locais permanecerão fechados, reabrindo às 12h do dia 9.

Os CEUs abrirão durante todo o feriado para atividades culturais e esportivas. Os Telecentros ficarão fechados até quarta-feira. A Biblioteca Pública Circulante (Mário de Andrade) funcionará apenas até o dia 5, das 10h às 17h, para reabrir após o Carnaval. Esportes Os Clubes da Cidade abrirão para atividades de esporte e recreação todos os dias, com exceção de segunda-feira.

Abastecimento – Os mercados municipais, os sacolões e as feiras livres funcionarão normalmente no sábado e no domingo. Mercado de Guaianases não funcionará nos dias 7 e 8; o do Ipiranga e o da Penha fecharão no dia 7, mas abrirão no dia 8, até as 13h.

Os mercados Central Leste, Kinjo Yamato, Lapa, Paulistano, Pinheiros, Santo Amaro, São Miguel, Tucuruvi e Teotônio Vilela funcionarão no dia 7 e estarão fechados no dia 8. O mercado de Pirituba abrirá normalmente no dia 7 e atenderá no dia 8 até as 14h; e os de Sapopemba e Vila Formosa abrirão normalmente no dia 7 e funcionarão no dia 8 até as 13h.

Os sacolões Avanhandava, Brigadeiro, Estrada do Sabão, Jaguaré, Jaraguá, Lapa, Piraporinha, Rio Pequeno, Santo Amaro e São Miguel não funcionarão no dia 8. Atenderão normalmente No dia 8 os sacolões Bela Vista, Butantã, Cohab Adventista, Cidade Tiradentes, João Moura e Freguesia do Ó.

Assistência Social – Nos dias 5, 6, 7 e 8 funcionarão apenas os serviços de emergência e acolhida, que atendem 24 horas, ininterruptamente: Abrigos/Casas de Acolhida, Central de Atendimento Permanente e de Emergência, Centros de Referência da Criança e do Adolescente e Centros de Acolhida (antigos albergues). Os demais serviços só voltarão a atender na quarta-feira, a partir das 12h.

Subprefeituras – As Praças de Atendimento voltarão às atividades normais no dia 9, a partir das 12h.

Trabalho – No dia 5, as instalações dos Centros de Apoio ao Trabalho (CAT) atenderão normalmente, das 7h às 13h e depois retornam às atividades na quarta-feira às 12 horas. Já a rede do banco de microcrédito São Paulo Confia encerra as atividades na sexta-feira e retorna na quarta-feira, após as 12 horas.

Fonte: Estadão

+ sobre o tema

Metade das crianças violentadas foi agredida mais de uma vez

O Brasil registrou 58,3 mil casos de estupro de crianças e...

SP enquadrou 31 mil negros como traficantes em situações similares às de brancos usuários

Para a polícia de São Paulo, a diferença entre um traficante e...

STF retoma julgamento sobre descriminalização do porte de drogas

O Supremo Tribunal Federal (STF) retoma nesta quinta-feira (20)...

STF começa a julgar nesta terça (18) supostos mandantes da morte de Marielle

O Supremo Tribunal Federal (STF) inicia, na tarde desta...

para lembrar

Número de denúncias de violência contra idosos aumentou 13% em 2018

Balanço mostra que 52,9% dos casos foram cometidos pelos...

Cresce Direita Racista, Nacionalista e Fanática nos Eua

"Nova direita cresce nos EUA" O movimento conservador em ascensão...

Meritocracia, trapaça e depressão

“Lógica do sistema é permeada por monitoramento, medição, vigilância...

PL antiaborto viola padrões internacionais e ameaça vida, diz perita da ONU

O PL antiaborto viola padrões internacionais de direitos humanos e, se aprovado, representaria uma ameaça para a vida principalmente das mulheres mais pobres do...

Prefeitura de São José dos Campos retira obra sobre mulheres cientistas das escolas

A prefeitura de São José dos Campos (SP) recolheu a obra Mulheres Sonhadoras, Mulheres Cientistas, composta por dois livros, das escolas e bibliotecas do município. Escritos por...

A direita parlamentar parece ter perdido sua bússola moral

Com o objetivo de adular a extrema direita e constranger o governo, o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira, facilitou a aprovação de...
-+=