Sarkozy critica globalização e apoia plano de Obama em Davos

Presidente francês fez discurso no Fórum Econômico Mundial.
EUA querem aumentar controle estatal sobre instituições financeiras.


O presidente da França, Nicolas Sarkozy, criticou a globalização, a manipulação do câmbio, a especulação irresponsável e os salários “indecentes” no setor financeiro em seu discurso de abertura do Fórum Econômico Mundial, neta quarta-feira (27). Sarkozy também apoiou o plano do presidente norte-americano, Barack Obama, para restringir o tamanho e as operações dos bancos dos EUA.

Sarkozy disse a uma ampla audiência de empresários a políticos que o capitalismo precisa se tornar menos consensual, que os banqueiros devem se concentrar nos empréstimos e reduzir seus salários e que os países que deliberadamente desvalorizam suas moedas podem desencadear uma resposta protecionista.

Mais do que tudo, Sarkozy destacou a necessidade de redefinir e reinventar o capitalismo e a globalização. A crise financeira e a recessão econômica que se seguiu foram, segundo ele, “não foi só uma crise global, mas uma crise na e da globalização”.

Apoio ao G20

Ele usou o discurso para desenvolver um de seus temas favoritos, a emergência do Grupo dos 20 como um formato adequado de governança global. “O G-20 prefigura a governança planetária do século 21”.

O presidente francês renovou seus ataques às “manipulações monetárias” em geral e à supremacia do dólar em particular. “Isto não pode ser; temos um mundo multipolar e uma única moeda mundial”, afirmou. “Precisamos um novo Bretton Woods”, disse, em referência ao sistema de câmbio fixo, mas variável, estabelecido depois da Segunda Guerra.

Fonte: G1

+ sobre o tema

EUA se abstêm pela primeira vez em voto na ONU contra embargo a Cuba

Pela primeira vez, os Estados Unidos se abstiveram de...

“É melhor morrer em pé do que viver de joelhos”

Quem ama as liberdades democráticas que se mire em...

Abolicionismo do século 21

Por: Edson França Completamos no dia 13 de...

Cornel West: Goodbye, American neoliberalism. A new era is here

Trump’s election was enabled by the policies that overlooked...

para lembrar

Lula no “Le Monde”: “Porque eu quero voltar a ser presidente”

O espaço que a chamada mídia tradicional brasileira nega...

Zona Leste de SP suja, infestada de ratos

Caiaque vira transporte em 'Veneza' suja, infestada de ratos...

Horário de verão começa à meia-noite de sábado

Por: Mariana BrancoRepórter da Agência Brasil Brasília -...

ONG de Luiza Trajano vai fiscalizar as candidatas “invisíveis”

Grupo Mulheres do Brasil lança site para dar visibilidade...

Barack Obama elege seus filmes favoritos de 2023; veja lista

Tradicionalmente, o ex-presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, escolhe seus filmes, músicas e livros favoritos do ano. Nesta quarta-feira (27), Obama compartilhou em suas...

Morre o político Luiz Alberto, sem ver o PT priorizar o combate ao racismo

Morreu na manhã desta quarta (13) o ex-deputado federal Luiz Alberto (PT-BA), 70. Ele teve um infarto. Passou mal na madrugada e chegou a ser...

Equidade só na rampa

Quando o secretário-executivo do Ministério da Justiça e Segurança Pública, Ricardo Cappelli, perguntou "quem indica o procurador-geral da República? (...) O povo, através do seu...
-+=