Sem trabalhar há dois anos e recebendo R$ 24 mil, juiz posa com namorada na praia e debocha

Marcelo Cesca foi afastado para tratamento médico pelo Conselho Nacional de Justiça

Por: Fred Leão

O juiz federal Marcelo Antônio Cesca publicou em seu perfil do Facebook uma mensagem na qual ironiza a postura do CNJ (Conselho Nacional de Justiça), por estar impedido de atuar profissionalmente. Cesca foi afastado de sua função em junho de 2012, ao ser diagnosticado com depressão. Segundo o juiz, três médicos da junta da Câmara dos Deputados — que avalia os afastamentos dos magistrados — o apontaram como apto para voltar ao trabalho. Segundo o CNJ, o salário médio de um juiz federal como Marcelo é de R$ 24 mil.

6r40fx9j79 9eyxeim54r fileNa mensagem publicada no Facebook em relação à sua questão com o conselho que reje sua classe, o juiz disse: “Eu agradeço ao Conselho Nacional de Justiça por estar há 2 anos e 3 meses recebendo salário integral sem trabalhar, por ter 106 dias de férias, mais 60 dias pra tirar a partir de 23/03/14, e por comemorar e bebemorar tudo isso numa quinta-feira […]”.

Cesca afirma que sua vontade é voltar ao trabalho, mas que o processo que avalia se ele pode retornar à atividade ou se ele deve se aposentar por invalidez não tem caminhado.

— Já pedi para que o processo fosse julgado. Não é falta de vontade de trabalhar. O problema é que o CNJ não julga meu caso. Estou sendo obrigado a ficar em casa.

Ter tornado seu problema público, com ares de ironia, via Facebook, foi, segundo Cesca, uma maneira de protestar. A mensagem veio acompanhada de uma foto, na qual aparece a namorada do juiz, em uma praia de Santa Catarina.

Na publicação em que critica o CNJ, Cesca recebeu apoio de amigos da rede social e também críticas de seguidores. Um deles diz: “Acho no mínimo vergonhoso um juiz postar isso. Qual é o discernimento que uma pessoa assim tem para julgar méritos com justiça? Reflete bem a cara do nosso judiciário”.

Cesca atuava como juiz na 15ª Vara Federal, em Brasília e estava no cargo de magistrado desde 2006.

Sobre seu quadro de saúde, ele afirma que toma remédios estabilizadores de humor e que a medicação contra a depressão já foi suspensa por seu médico.

Fonte: R7

 

+ sobre o tema

Beyoncé dá aval a Kamala Harris para usar música em campanha

A vice-presidente Kamala Harris fez uma grande entrada durante sua primeira...

Com iniciativa Global Gateway, UE apoia o Brasil no combate às desigualdades no mundo

A presidência brasileira do G20 fez do combate à fome, à...

Kamala Harris diz que está ‘honrada’ com apoio de Biden e que pretende ‘merecer e ganhar’ candidatura democrata

A vice-presidente Kamala Harris disse em uma declaração neste domingo que...

para lembrar

Lula é recebido com carinho no FSM realizado no Senegal

  Em sua primeira viagem ao exterior desde que deixou...

STJ decide soltar mãe de cinco filhos que furtou R$ 21,69 em alimentos

Joel Ilan Paciornik, ministro do Superior Tribunal de Justiça...

Frase ‘O futuro é uma mulher preta’ é pintada na Avenida Nove de Julho

Manifestantes pintaram a frase “O futuro é uma mulher...

‘Racista, sexista e sonegador’: Hillary Clinton fala verdades sobre Trump em debate

Um pouco perdida no começo do primeiro debate eleitoral...

Biden desiste de reeleição após pressão e anuncia apoio a Kamala Harris

Após pressão de democratas, o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, anunciou neste domingo (21) que não irá concorrer à reeleição, em disputa contra o...

Para cumprir os ODS, o Estado brasileiro precisa parar de matar pessoas negras

Em um período de dez anos (2012-2022), o Brasil registrou o assassinato de 445.442 pessoas negras. De acordo com o Atlas da Violência de...

Coalizão de entidades lança campanha por mais negros nos parlamentos

A Coalizão Negra por Direitos, que reúne mais de 200 entidades, dará início à campanha “Quilombo nos Parlamentos Eleições 2024”. O lançamento acontece na...
-+=