domingo, agosto 7, 2022
InícioQuestão RacialArtigos e ReflexõesSim, nós somos racistas: Estudo Psicossocial da Branquitude Paulistana

Sim, nós somos racistas: Estudo Psicossocial da Branquitude Paulistana

por Lia Vainer Schucman

Este artigo tem como objetivo fazer uma contribuição para o campo de estudo que relaciona as categorias raça, racismo e psicologia, e faz parte dos estudos interdisciplinares nacionais e internacionais sobre branquitude. Para tanto, faço uma análise de como sujeitos brancos se apropriam da categoria raça e do racismo na constituição de suas subjetividades. Para essa compreensão foram feitas entrevistas com brancos paulistanos de diferentes classes sociais, gênero e gerações com o intuito de compreender quais os significados que estes sujeitos atribuíam a “ser branco”. Os resultados obtidos nesta pesquisa apontaram que o racismo e a ideia falaciosa de raça, construída no século XIX, ainda fazem eco nos modos de subjetivação de indivíduos brancos. A partir das análises das entrevistas foi possível perceber que estes sujeitos acreditam que “ser branco” determina características morais, intelectuais e estéticas dos indivíduos.(AU)

[symple_box style=”boxsucces”]
Sim, nós somos racistas: Estudo Psicossocial da Branquitude Paulistana

Baixe o PDF 3700-11340-1-PB-2
[/symple_box]

 

Artigos Relacionados
-+=
PortugueseEnglishSpanishGermanFrench