SME realizará II Congresso Municipal de Educação para as Relações Étnico-Raciais

Evento terá show do rapper Mano Brown e Relatos de Práticas Pedagógicas de Educadores da Rede Municipal.

Enviado para o Portal Geledés

A Secretaria Municipal de Educação (SME), por meio do seu Núcleo de Educação Étnico-Racial, realizará o II Congresso Municipal de Educação para as Relações Étnico-Raciais nos dias 23 e 24 de junho no Campus Memorial da Uninove. Entre outros objetivos, o encontro divulgará e valorizará ações de combate ao preconceito e racismo com resultados parciais e/ou finais, por meio de trabalhos inéditos e originais desenvolvidos por professores e servidores técnico-administrativos da Secretaria Municipal de Educação como uma contribuição ao conhecimento sobre a temática.

As 500 vagas serão distribuídas para integrantes de COCEU, COPED, DICEU, DIPED, Agentes Escolares, Agentes de Apoio, Assessores Técnicos Educacionais, Assistentes Técnicos de Educação I, Assistentes de Diretor de Escola, Auxiliares de Desenvolvimento Infantil, Auxiliares Técnico de Educação, Bibliotecários, Coordenadores de Ação Cultural / Educacional, Coordenadores de Esportes e Lazer, Coordenadores Pedagógicos, Diretores de Divisão Técnica, Diretores de Escola, Diretores Regionais de Educação, Gestores de CEU, Professores de Educação Infantil, Professores de Educação Infantil e Ensino Fundamental I, Professores de Ensino Fundamental II e Médio, Secretários de Escola e Supervisores Escolares.

As inscrições serão realizadas diretamente com as DIPED e DICEU das 13 Diretorias Regionais de Educação e serão confirmadas a partir dos seguintes critérios: ordem de chegada das inscrições e proporcionalidade entre os equipamentos (CEI, CECI, CEMEI, CIEJA, CMCT, EMEI, EMEBS, EMEF e EMEFM). Será concedida dispensa de ponto para apenas um servidor por unidade educacional.

Os interessados deverão realizar inscrição a partir da data de publicação deste Comunicado, por meio dos links

Butantã

Campo Limpo

Capela do Socorro

Guaianases

Freguesia/Brasilândia

Jaçanã/Tremembé

Ipiranga

Itaquera

Penha 

Pirituba/Jaraguá 

São Mateus 

São Miguel 

Santo Amaro

Leia a publicação na íntegra.

** Este artigo é de autoria de colaboradores ou articulistas do PORTAL GELEDÉS e não representa ideias ou opiniões do veículo. Portal Geledés oferece espaço para vozes diversas da esfera pública, garantindo assim a pluralidade do debate na sociedade.

+ sobre o tema

Professores indígenas ocupam Secretaria de Educação da Bahia

  Um grupo de 60 professores, alunos e pais indígenas...

Antonio Candido indica 10 livros para conhecer o Brasil

  Quando nos pedem para indicar um número muito limitado...

Resultado da segunda chamada do ProUni sai nesta segunda-feira

Brasília – Os estudantes que se inscreveram no Programa...

Em São Paulo, 46% dos alunos admitem ter passado de ano sem aprender a matéria

Camila Maciel - Repórter da Agência Brasil Quase metade (46%)...

para lembrar

Estudantes protestam contra exigência do Enem para Ciência sem Fronteiras

Nova regra para concorrer a bolsas de estudo no...

USP assina acordo experimental para participar do Enade

Além da prova, a universidade estadual paulista participará das...

A campanha dos professores para denunciar Paes e Cabral

Charge do Vitor Teixeira, via Facebook do site do SEPE,...
spot_imgspot_img

Estudo mostra que escolas com mais alunos negros têm piores estruturas

As escolas públicas de educação básica com alunos majoritariamente negros têm piores infraestruturas de ensino comparadas a unidades educacionais com maioria de estudantes brancos....

Educação antirracista é fundamental

A inclusão da história e da cultura afro-brasileira nos currículos das escolas públicas e privadas do país é obrigatória (Lei 10.639) há 21 anos. Uma...

Faculdade de Educação da UFRJ tem primeira mulher negra como diretora

Neste ano, a Faculdade de Educação da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) tem a primeira mulher negra como diretora. A professora Ana...
-+=