Socialite indenizará Ludmilla por dizer que cabelo dela parece “Bombril”

Enviado por / FontePor Sérgio Rodas, do ConJur

Comparar o cabelo de uma mulher negra à palha de aço Bombril é racista. Com esse entendimento, a 3ª Vara Cível da Ilha do Governador, na zona norte do Rio de Janeiro, condenou, nesta segunda-feira (29/6), a socialite Val Marchiori a pagar R$ 30 mil de indenização por danos morais à cantora Ludmilla.

Em 2016, Ludmilla desfilou no Carnaval do Rio como rainha de bateria do Salgueiro. Em transmissão na Rede TV, Val Marchiori fez o seguinte comentário sobre a cantora: “A fantasia está bonita, a maquiagem … agora, o cabelo… Hello! Esse cabelo dela está parecendo um Bombril, gente”.

Argumentando que a fala foi racista e depreciativa, Ludmilla pediu indenização por danos morais. Em contestação, a socialite alegou que o comentário não foi racista, pois a artista estava usando uma peruca. Ela também afirmou que Ludmilla é uma pessoa pública e está sujeita a críticas.

O juiz Françoise Picot apontou que a comparação do cabelo da cantora com Bombril é racista. “Neste ponto, é notório que são as pessoas de pele negra, majoritariamente, que apresentam cabelos ‘armados’ e volumosos, como uma de suas características peculiares, identificadoras da raça. Ao pontuar que o cabelo crespo visualizado no vídeo parecia com ‘Bombril’, a primeira ré [Val Marchiori] desqualificou um traço típico da raça negra e ofendeu a honra subjetiva da autora”.

De acordo com o julgador, o comentário da socialite ultrapassou os limites da liberdade de expressão. Afinal, não teve nenhum conteúdo de utilidade pública, sendo apenas uma “opinião maldosa, desnecessária e extremamente ofensiva à figura da autora”.

 

+ sobre o tema

A gota de sangue – Luiz Eduardo Soares

A morte do cinegrafista da Band é uma...

Proprietário vende time da NBA após novo escândalo de racismo

Bruce Levenson, dono do Atlanta Hawks, fez denúncia contra...

A ‘desfavelização’ e o ódio da elite às periferias perpetuam herança colonial

"Moro na Favela do Lixão há mais de 30 anos. Quando...

Desfile de 2018 fez o que a lei 10.639 não conseguiu em 15 anos

Duas escolas do Grupo Especial do Rio provocaram uma...

para lembrar

Mercedes demite quatro funcionários por envolvimento em caso de racismo

Caso aconteceu na fábrica da Mercedes em Brackley, na...

Acusado de racismo, Luís Salém rebate: ‘Pode ter sido uma piada’

De acordo com o jornal 'O Globo', o ator...

É preciso ter coragem de estar sozinha

Reproduzo aqui um texto que pra mim é e...
spot_imgspot_img

Nem a tragédia está imune ao racismo

Uma das marcas do Brasil já foi cantada de diferentes formas, mas ficou muito conhecida pelo verso de Jorge Ben: "um país tropical, abençoado...

Futuro está em construção no Rio Grande do Sul

Não é demais repetir nem insistir. A tragédia socioclimática que colapsou o Rio Grande do Sul é inédita em intensidade, tamanho, duração. Nunca, de...

Kelly Rowland abre motivo de discussão com segurança em Cannes: ‘Tenho limites’

Kelly Rowland falou à imprensa sobre a discussão que teve com uma segurança no tapete vermelho do Festival de Cannes durante essa semana. A cantora compartilhou seu...
-+=