Stevie Wonder anuncia boicote à Flórida depois da absolvição do assassino do adolescente Trayvon Martin

Cantor avisou que não vai mais fazer shows no estado

O caso de George Zimmerman nos Estados Unidos segue causando impacto nas mais diversas áreas da sociedade norte-americana. Durante show em Quebec, no Canadá, Stevie Wonder revelou que se recusa a tocar na Flórida enquanto estiver valendo a lei que possibilitou ao policial George Zimmerman atirar contra o jovem negro Trayvon Martin e ser absolvido pela justiça.

“Eu decidi hoje que até que a lei de ‘defenda seu território’ seja abolida na Flórida, eu não vou tocar mais lá”, disse. Wonder, de 63 anos, não fez referências diretas ao processo que absolveu Zimmerman nesta terça, 16, com o argumento de legítima defesa. A lei citada pelo cantor permite que pessoas que percebam perigo de morte possam usar violência letal mesmo que tenham a opção de fugir.

“Não podemos trazê-lo de volta”, disse Wonder. “O que podemos é fazer com que nossas vozes sejam ouvidas. E podemos votar em nossos diversos países pelo mundo por mudança e igualdade para todos. Isto é o que sabemos que podemos fazer.”

Veja:

 

 

Fonte: Rollingstone

 

+ sobre o tema

Justiça condena homem por racismo contra gerente de supermercado no DF

Ele foi condenado a dois anos de prisão e...

Racismo é a endemia cuja cura não interessa a medicina

O atual cenário político e o advento das redes...

Artigo: Racismo e o desafio de combatê-lo

Apesar do avanço da tecnologia, que nos traz uma...

para lembrar

Primeiro semestre 2013 da UFMT tem 10% de alunos negros nos cursos ‘top’

Apenas 59 negros estão matriculados nos 10 cursos mais...

Protagonismo feminino e negro no novo governo empaca

Foi Sueli Carneiro, filósofa, líder do movimento de mulheres...

Estuprada por adolescente, jornalista é contra a redução da maioridade penal

Jornalista foi estuprada por um garoto menor de idade....
spot_imgspot_img

Como é a vida para as mulheres no último país da África sob colonização

Ainda hoje há um país africano colonizado. O Saara Ocidental está ocupado pelo Marrocos desde 1976, depois de quase 90 anos de invasão espanhola, e esteve em guerra...

Revolucionário, mas não é para todos

Passei os últimos dias pensando no significado e na profundidade de uma postagem que li numa rede social contendo a afirmação: "Descansar é revolucionário!"....

‘Nossa missão é racializar as políticas públicas em todo país’

Nomeado recentemente  como novo secretário de gestão do Sistema Nacional de Promoção da Igualdade Racial (Sinapir), o jornalista baiano Yuri Silva tem uma tarefa...
-+=