Suelaine Carneiro – Coordenadora de Educação e Pesquisa

Artigo produzido por Redação de Geledés

Suelaine Carneiro

[email protected]

A área de Educação e Pesquisa de Geledés atua para assegurar e expandir os direitos educativos das mulheres e da população negra. Compreendemos a educação como um direito humano, cabendo ao Estado brasileiro garantir e efetivar uma educação pública de qualidade, antirracista e antissexista, sendo dever dos sistemas de ensino desenvolver uma educação adequada à todas as pessoas, cumprindo assim as obrigações determinadas em legislação nacional e internacional.

Para assegurar a efetivação dessas normas, atuamos em rede, com diversos setores da sociedade civil, pela defesa da educação pública de qualidade, isto é, a ampliação dos investimentos público para a garantia do direito à educação, o planejamento e desenvolvimento de propostas pedagógicas que enfrentem o racismo, o sexismo e todas as formas de preconceitos e discriminações que ainda se apresentam nos diversos níveis, etapas e modalidades de ensino.

Nossas ações são realizadas a partir dos seguintes eixos: pesquisa e produção de conhecimento sobre raça, gênero e os sistemas de ensino; formação por meio de metodologias participativas; articulação, comunicação e incidência política visando contribuir com o enfrentamento do racismo, a reversão das desigualdades educacionais, a ampliação da participação social, a valorização dos diferentes saberes e dos territórios, e a efetivação de propostas pedagógicas que promovam a igualdade racial e de gênero.

+ sobre o tema

“O Brasil é um modo de violência racista” diz Luiz Eduardo Soares

Luiz Eduardo Soares é escritor, dramaturgo, antropólogo, cientista político...

Mãe-solo, Inaihe se torna empreendedora na pandemia

Em fevereiro de 2021, em plena pandemia, Inaihe Nainhana...

A comissão em prol da vida

Ex-ministros de vários governos e ativistas de direitos humanos...

para lembrar

A presença de uma Juíza Negra no STF é uma questão de coerência, reparação histórica e justiça

A Constituição Federal, estabelece como objetivo da República Federativa...

Lei de cotas e seus avanços

Ao longo dos anos a necessidade de se pensar...

“Em 2018, a contratação de uma mulher grávida não deveria ser algo extraordinário”, diz Grazi Mendes

Empregar uma mulher grávida de nove meses é uma raridade. Mas não deveria ser, segundo Grazi Mendes, integrante do "hire team"  no processo de...

“As negras na América Latina têm sido extremamente excluídas dos debates contemporâneos” diz Christen A. Smith

Christen A. Smith é antropóloga, feminista negra, diretora do Centro de Estudos para Mulheres e Gênero e professora associada de antropologia e estudos da...

Posicionamento: pela divulgação do Relatório de Monitoramento de Violações na Baixada Santista

Geledés -Instituto da Mulher Negra apoia a Comissão Arns e as organizações da sociedade civil no repúdio às execuções sumárias e com exigência de...
-+=