sexta-feira, fevereiro 26, 2021

Tag: Branquidade

Imagem retirada do site Carta Maior

Carta de Coimbra: Quando a ”branquitude” mata…

O ano de 2020 teve seu início marcado por um intenso debate sobre o racismo em Portugal. O assassinato de um estudante cabo-verdiano em Bragança, Luís Giovani, e a publicitação de filmagens que denunciavam a violência levada a cabo pela polícia a uma mulher negra - Cláudia Simões - no bairro popular chamado Amadora, foram mote de manifestações. As reivindicações encontraram ainda mais repercussão no ataque racista ao futebolista do FC Porto, Moussa Marega, que ao expor os ataques de cunho racial sofridos em campo mostrou que a questão continuaria a estar no centro das discussões. Em meio ao eco das manifestações mundiais que tomaram impulso com o assassinato de George Floyd nos EUA, no mês de julho em Portugal o racismo matou de novo. O homicídio premeditado que tirou a vida do ator de 39 anos, Bruno Condé por um homem de 80 anos após discussões banais e insultos ...

Leia mais
"Dear White People." Roadside Attractions

Cara gente branca, eu te amo? Mulheres negras, militância e palmitagem

O filme Cara Gente Branca (2015) – que tem como contexto o único dormitório negro de uma universidade americana de elite – é sobre os diferentes percursos pelos quais trilham os negros na busca de uma identidade racial ideal, que, por vezes se torna uma prisão. Afinal, o que é ser umx negrx consciente? De acordo com o filme, coerência é a exigência principal, e subverter o sistema que hipervaloriza a branquitude é a regra. O grande problema é que, se não tomarmos cuidado, acabamos reproduzindo uma lógica de julgar os nossos ao invés de nos acolher, entendendo como mais ou menos negro aquele que corrobora ou não com o que achamos que é certo – maniqueísmo herdado do pensamento cristão e Ocidental. Por  Naomi Cary, enviado para o Portal Geledés  "Dear White People." /Roadside Attractions A heroína de Cara Gente Branca é uma estudante de ...

Leia mais
E se seu ambiente de trabalho fosse assim, meio a meio? (iSTock)... - Veja mais em https://lucianabugni.blogosfera.uol.com.br/2019/11/17/o-que-aprendi-sobre-os-brancos-desde-que-me-casei-com-um-negro/?cmpid=copiaecola

O que aprendi sobre os brancos desde que me casei com um homem negro

"Eu não sou racista", "Não é possível que ainda exista racismo no Brasil" são frases que nós brancos dizemos com tranquilidade. Eu nunca entendi direito durante minha adolescência e grande parte da idade adulta, o que era o racismo na prática. É impossível que eu entenda isso, como é impossível que você, meu leitor branco, entenda também. Não dá para compreender o que a gente não vive. Por Luciana Bugni, do Universa E se seu ambiente de trabalho fosse assim, meio a meio? (iSTock) Por isso, a gente estuda. Entender o racismo funciona mais ou menos assim: você não consegue entender o que o outro sente, então você ouve o outro. Vale para qualquer relação: casais, amigos, colegas de trabalho. E brancos com negros. Ah, mas então o negro precisa parar e ouvir o que eu, branco, sinto quando perco minha vaga para ele por causa ...

Leia mais

Branquidade e Privilégio: O Lacre social

A liberação da identidade racial faz parte tanto da luta contra o racismo como da eliminação da discriminação racial e da desigualdade. Essa liberação envolverá uma revisão da política racial e uma transformação da diferença racial. Tornará a própria democracia muito mais radicalmente pluralista e a identidade muito mais um problema de escolha do que de atribuição. A medida que as lutas para alcançar esses objetivos forem reveladas, reconheceremos gradualmente que a racialização da democracia é tão importante quanto a democratização das raças.”(Howard Winant, Racial Condition, 1994. p. 169) Por Joice Berth, do Revista Subjetiva Você pode achar, caro leitor, que o lacre ou lacry, expressão muito usada pelo feminismo negro para elogiar ou manifestar grande admiração, é tão somente isso, uma rasgação de seda entre pessoas deslumbradas que se acham as últimas bolachas do pacote. Mas creio que estão enganados…o termo ou expressão é do feminismo negro, mas o conceito de ...

Leia mais

Últimas Postagens

Artigos mais vistos (7dias)

Twitter

Welcome Back!

Login to your account below

Create New Account!

Fill the forms bellow to register

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Add New Playlist