segunda-feira, junho 1, 2020

    Tag: CONAQ

    blank

    Eleições para a Ouvidoria da Defensoria Pública de São Paulo

    (Acesse página da campanha: https://bit.ly/2Trh599 ) É com a certeza de que não é possível uma efetiva defesa de Direitos Humanos sem a participação determinante do movimento negro e a multidimensionalidade de sua pauta periférica, antirracista, antimachista, anti-lgbtfóbica que a UNEAFRO Brasil, ao lado da CONAQ - Coordenação dos Quilombolas do Brasil, GELEDÉS - Instituto da Mulher Negra e Associação de Familiares de Presas e Presos AMPARAR, apresentam uma candidatura coletiva, independente e autônoma como opção para as eleições da Ouvidoria da Defensoria Pública do Estado de São Paulo. Esta candidatura terá como candidata ao posto de Ouvidora Geral da Defensoria Pública do Estado de SP, a advogada Beatriz Lourenço do Nascimento, da coordenação da Uneafro Brasil, devidamente acompanhada por Maria Sylvia Aparecida de Oliveira, presidente do Instituto da Mulher Negra Geledés, Oriel Rodrigues de Moraes, Advogado quilombola da CONAQ, e por Gabrielle Nascimento, ativista anti-cárcere representante da Amparar. APENAS ...

    Leia mais
    Imagem retirada do site da Conaq

    Todo apoio ao povo quilombola de Alcântara!

    Eduardo Bolsonaro pretende votar o novo acordo que entrega a base aeroespacial de Alcântara-MA para domínio norte-americano ainda esta semana, na Câmara Federal. Nem a maioria dos deputados e deputadas nem a população sabe o que está em risco. Exigimos mais tempo e um debate sincero junto à sociedade brasileira. Setecentas e noventa e duas famílias quilombolas serão expulsas de suas terras ancestrais. Não foi apresentado nenhum plano de remoção ou deslocamento para as 2.121 pessoas diretamente atingidas. . Não houve consulta prévia às comunidade, como exige a Convenção 169 da OIT. O povo quilombola vai resistir. Além disso, a entrega da Base de Alcântara fere a soberania nacional e nos coloca sob séria ameaça da segurança nacional, já que os EUA pretendem fazer uso militar de Alcântara para seus interesses geopolíticos. Com o novo acordo, o Brasil poderá ser alvo de conflitos militares internacionais. Todo apoio ao povo de Alcântara! #AlcantaraÉQuilombola #NenhumQuilomboaMenos ...

    Leia mais
    logo Conaq

    CONAQ emite carta-denúncia em resposta à Medida Provisória 870/2019

    NÃO RECONHECIMENTO, A DELIMITAÇÃO, A DEMARCAÇÃO E A TITULAÇÃO DAS TERRAS OCUPADAS POR REMANESCENTES DAS COMUNIDADES DE QUILOMBOS” PARA O MINISTÉRIO DO AGRONEGÓCIO, VULGO MINISTÉRIO DA AGRICULTURA no Conaq  logo Conaq A Medida Provisória decretada pelo Presidente Jair Bolsonaro em 01 de janeiro de 2019 (MPV Nº 870/2019) é uma antecipação de um Etnocídio dos quilombolas, além de colocar em risco o meio ambiente brasileiro. Na presente Carta indica-se um conjunto de aspectos que essa MPV abre brechas colocando em visibilidade os perigos que se desenham com esse cenário para os mais de 6 mil quilombos no Brasil. Em primeiro lugar, passar a competência de “identificação, o reconhecimento, a delimitação, a demarcação e a titulação das terras ocupadas por remanescentes das comunidades de quilombos” para  o Ministério da Agricultura, que sempre esteve sob a competência da União Democrática Ruralista (UDR) – pelo que se sabe da ...

    Leia mais

    Últimas Postagens

    Artigos mais vistos (7dias)

    Instagram

    Twitter

    Facebook

    Welcome Back!

    Login to your account below

    Create New Account!

    Fill the forms bellow to register

    Retrieve your password

    Please enter your username or email address to reset your password.

    Add New Playlist