Tag: genocídio de indígenas

    O cacique Raoni, ao centro, entre líderes indígenas de 47 povos, que estiveram reunidos por quatro dias no Mato Grosso para relançar a "aliança dos povos da floresta".RICARDO MORAES / REUTERS (REUTERS)

    A semana em que 47 povos indígenas brasileiros se uniram por um manifesto antigenocídio

    Sob o comando do cacique Raoni, líderes indígenas de várias partes do Brasil assinaram um documento de quatro páginas em que acusam o Governo Bolsonaro de colocá-los em risco Por HELENA BORGES, do El Pais O cacique Raoni, ao centro, entre líderes indígenas de 47 povos, que estiveram reunidos por quatro dias no Mato Grosso para relançar a "aliança dos povos da floresta". Foto: RICARDO MORAES / REUTERS (REUTERS) Em um momento de pouco diálogo e muitas brigas no meio político internacional, 47 povos indígenas brasileiros se reuniram entre os dias 14 e 17 de janeiro para dar uma aula de diplomacia. O Encontro dos Povos Mebengokrê e Lideranças Indígenas do Brasil era um desejo que o cacique Raoni Metuktire nutria há três anos: um momento em que as diferentes lideranças de povos indígenas que vivem espalhados pelo território brasileiro estivessem finalmente juntos e que, em ...

    Leia mais
    blank

    Cannes tem protesto no tapete vermelho contra o “genocídio indígena” no Brasil

    A equipe do filme "Chuva é Cantoria na Aldeia dos Mortos" denunciou no tapete vermelho de Cannes o "genocídio indígena" no Brasil, com cartazes em vários idiomas. no Entretenimento UOL A produção da brasileira Renée Nader Messora e do português João Salaviza, exibida na mostra Um Certo Olhar, foi filmada na comunidade Krahô, no estado de Tocantins, durante nove meses. Os dois cineastas, assim como os protagonistas do filme, Ihjãc Krahô e Koto Krahô, e os produtores compareceram à exibição com roupas pretas e cartazes de protesto. Diretores João Salaviza e Renee Nader Messora posam com integrantes do elenco de "Chuva é Cantoria na Aldeia dos Mortos", Henrique Ihjac Kraho e Raene Koto Kraho. Imagem: REUTERS/Jean-Paul Pelissier. "Pelo fim do genocídio indígena" e "Demarcação já", afirmavam os cartazes em português, inglês e francês. O protesto responde à mobilização de líderes indígenas no Brasil, que acusam o ...

    Leia mais
    blank

    Cimi: está acontecendo um verdadeiro genocídio de indígenas no Brasil

    Conselho Indigenista Missionário (Cimi) divulgou um relatório segundo qual, em 2016, foram registrados 118 assassinatos de indígenas no país; maior alvo da violência foi o povo Yanomami, na Região Norte, com 44 casos de morte resultante de violência; segundo o secretário-executivo do Cimi, Cléber Buzatto, está em curso no Brasil um processo agudo de agressão aos direitos dos povos indígenas; "No congresso nacional tramitam diversas propostas legislativas que visam a mudança da constituição. Têm sido muito intensas as campanhas e os discursos por parte dos deputados da bancada ruralista e da bancada que também representa a mineração contra os povos indígenas e contra os seus direitos. Com flagrante incitação à violência contra os povos indígenas", alertou Buzatto Do Brasil 247 Sputnik Brasil - Conselho Indigenista Missionário (Cimi) divulgou um relatório segundo qual, em 2016, foram registrados 118 assassinatos de indígenas no país. O maior alvo da violência foi o povo Yanomami, na Região ...

    Leia mais

    Últimas Postagens

    blank

    Artigos mais vistos (7dias)

    Instagram

    Twitter

    Facebook

    Welcome Back!

    Login to your account below

    Create New Account!

    Fill the forms bellow to register

    Retrieve your password

    Please enter your username or email address to reset your password.

    Add New Playlist