terça-feira, janeiro 26, 2021

Tag: partidos políticos

Foto Observatório do 3o. Setor

Será que é castigo?

Quando a pandemia do novo coronavírus começou a ameaçar a sociedade brasileira surgiram vários discursos, provenientes de igrejas cristãs, atribuindo o pavor que a humanidade experimenta no momento a um castigo divino. Vários religiosos que seguem a mesma orientação teológica desse que vos escreve se empenharam a desconstruir essa narrativa tentando esclarecer que não é vontade de Deus castigar a humanidade de forma tão cruel. Primeiramente porque nos identificamos com a face de Deus apresentada no Salmo 102: “o Senhor é bondoso, paciente, compassivo e carinhoso”. Portanto um Deus com essas características é muito ágil pra perdoar e lento para castigar. Além disso, aprendemos do Novo Testamento que a vida de seres humanos jamais deverá ser dada como sacrifício depois de Jesus ter derramado seu sangue na cruz. Isso não implica eliminar o castigo do horizonte da aventura humana, mas tão somente reconhecer que os castigos mais cruéis que a ...

Leia mais

Nada mais ideológico do que uma escola sem partido

O que seria a tão falada, e pouco explicada, ‘escola sem partido’? Basicamente, trata-se de uma falsa dicotomia, pois não diz respeito a não partidarização das escolas, mas sim à retirada do pensamento crítico, da problematização e da possibilidade de se democratizar a escola, esse espaço de partilhas e aprendizados ainda tão fechado, que precisa de abertura e diálogo. Por Cleo Manhas Do A pauta que precisamos debater é a da qualidade da educação, e não falácias ideológicas sobre a “não ideologização da escola”, algo que se vê até mesmo em alguns diálogos sobre a Base Nacional Comum Curricular (BNCC). O Plano Nacional de Educação foi aprovado há dois anos e, durante sua tramitação, uma das polêmicas suscitadas foi acerca da promoção das equidades de gênero, raça/etnia, regional, orientação sexual, que acabou excluída do texto do projeto. Por consequência, isso influenciou a tramitação dos planos estaduais e municipais, que também sucumbiram ...

Leia mais

Aos sem-partido

A crise de representação dos partidos políticos não é um fenômeno novo. Ganhou corpo com o surgimento dos modernos meios de comunicação de massa, a sociedade de consumo e a desconstrução do sujeito moderno, cuja existência estava associada a classes sociais mais ou menos homogêneas, que deram origem aos modernos partidos de massas. Com a globalização, o enfraquecimento dos estados nacionais e o surgimento de novos atores políticos, essa crise adquiriu a configuração que temos hoje. Por Luiz Carlos Azedo Do Mamapress Devido à crise ética e ao impasse político que estamos vivendo, o fenômeno virou uma megajabuticaba aqui no Brasil. Tem todos os ingredientes da crise de representação que sacode, por exemplo, a política europeia, cujos melhores exemplos são a Grécia e a Espanha, do ponto de vista de novos atores, e a França, a Itália e Portugal, quanto às agremiações tradicionais. Mas ocorre em meio à recidiva do populismo ...

Leia mais

Vitória dos ‘sem-partido’ na Espanha repercute no Brasil e no mundo

Com discurso mais radical, novas prefeitas de Barcelona e Madri rompem bipartidarismo Do Jornal do Brasil O mundo assistiu neste domingo (24/05) à vitória de uma nova esquerda, com discurso mais radical, que vem crescendo na Espanha. Ada Colau e Manuela Carmena, eleitas respectivamente em Barcelona e Madri, agitaram o panorama político espanhol, dominado há décadas pelo bipartidarismo do conservador PP (do presidente Mariano Rajoy) e do socialista PSOE. A ativista Ada Colau, venceu a eleição municipal em Barcelona como líder da plataforma cidadã Barcelona em Comum. Mas uma foto antiga da prefeita eleita chamou a atenção, sendo compartilhada inúmeras vezes nas redes sociais. Como uma Sininho espanhola, Colau foi detida por policiais durante protestos em 2013. partidos políticos, esquerda, representação, sem-partido, Espanha Em Madri, a ex-juíza Manuela Carmena do Ahora Madrid ainda vai precisar do apoio do Partido Socialista (PSOE) para governar, o que deve acontecer. ...

Leia mais
Criticou X, tem que fazer Y. A lógica binária do brasileiro volta a atacar

Quando a democracia implodir no Brasil, restarão apenas baratas

Um experiente parlamentar do PSDB me disse, nesta terça (3), que, se nada for feito, ao final dessa guerra nuclear política, vão sobrar apenas baratas em uma ditadura conservadora pós-apocalíptica. Por Leonardo Sakamoto, do Blog do Sakamoto    Pois os dois partidos que eram a maior esperança do país e em torno do qual a democracia brasileira se consolidou nos últimos 20 anos, vão garantir que ocorra Destruição Mútua Assegurada. Segundo essa doutrina militar, conhecida por quem viveu o horror da Guerra Fria, como cada um dos lados (EUA e União Soviética) tinha armamentos nucleares suficientes para destruir o outro e que, uma vez atacado, retaliaria com força igual ou maior, a escalada resultante levaria ao fim de ambos. E talvez do mundo como o conhecíamos. Esse medo também levou o outro lado a, sabendo disso, evitar ao máximo começar um ataque. Um equilíbrio tenso mas, ainda assim equilíbrio. Para o ...

Leia mais
O fim do poder, na visão de Moisés Naim

O fim do poder, na visão de Moisés Naim

Em seu novo livro, Moisés Naím, um dos pensadores mais destacados da América Latina, analisa o que chama de grande erosão de poder no mundo — uma onda que afeta políticos, empresas e instituições. Leia trechos de O Fim do Poder, recém-lançado no Brasil "O poder — a capacidade  de conseguir que os outros façam ou deixem de fazer algo — está passando por uma transformação histórica. Ele está se dispersando cada vez mais, e os tradicionais atores (governos, exércitos, empresas e sindicatos) são confrontados com novos e surpreendentes rivais — alguns muito menores em tamanho e recursos. Costumamos interpretar mal ou até ignorar a magnitude, a natureza e as consequências da profunda transformação que o poder está sofrendo nos tempos atuais. É tentador focar apenas no impacto da internet e das novas tecnologias de comunicação. Sabemos que o poder está passando daqueles que têm mais força bruta para os que têm ...

Leia mais

Últimas Postagens

Artigos mais vistos (7dias)

Twitter

Welcome Back!

Login to your account below

Create New Account!

Fill the forms bellow to register

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Add New Playlist