segunda-feira, novembro 23, 2020

    Tag: Spike Lee

    Chris Pizzello/AP

    Spike Lee critica falta de diversidade da Academia ao receber Oscar honorário

    “É mais fácil ser presidente dos Estados Unidos como negro do que ser o chefe de um estúdio”, disse o cineasta Do ROLLING STONE Foto: Chris Pizzello/AP Spike Lee criticou a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas durante o discurso dele ao receber um Oscar honorário na noite do último sábado, 14, pela aparente negligência da associação em relação à indicações de negros ao prêmio. “Todo mundo aqui provavelmente votou em Obama”, disse ele na conclusão da passagem de 18 minutos pelo palco. “Mas nos escritórios , não vejo nenhum negro exceto o segurança que checa meu nome na lista conforme eu entro em um estúdio.” Ele acrescentou: “Então podemos falar ‘Yabba yabba yabba’, mas nós devemos ter uma conversa séria sobre diversidade e tirar algo disso. É mais fácil ser Presidente dos Estados Unidos como negro do que ser o chefe de um estúdio ou ...

    Leia mais
    Spike Lee (Foto: Victoria Will/Invision/AP)

    Spike Lee refilma “Old Boy” com mais violência e aumenta impacto final

    Novo longa narra a história de homem que vai atrás dos sequestradores que o mantiveram preso por 20 anos Do iG Foto: Victoria Will/Invision/AP Parecia improvável que a versão americana de “Old Boy”, do sul-coreano Chan-wook Park, conseguisse superar a violência do filme original. Mas o diretor norte-americano Spike Lee, nesta refilmagem homônima seguida quase à risca, não só aumentou o sangue, como também ampliou o impacto do macabro desfecho, que já era escabroso. Apesar do teor, o requintado longa asiático foi um sucesso, levando, em 2003, o Grande Prêmio do Júri em Cannes e, mais do que justos elogios da crítica pelo mundo. Com visual rústico e personagens com moral própria, a produção criava uma atmosfera de ultraviolência e arte sem retirar o norte da redenção que o protagonista, no fim, ansiava. Daí, a difícil tarefa de refilmar a produção ao gosto do cinema americano. ...

    Leia mais
    66415 300

    Racionais MC’s participa de documentário do cineasta Spike Lee

    O mestre do cinema negro entrevistou Racionais Mc's para seu filme "Go Brazil Go!". Nesta quinta-feira (20/3), Spike Lee esteve de volta ao Brasil para gravar mais cenas do seu documentário. O cineasta negro mais conhecido do mundo encontrou-se com os quatro pretos mais perigosos do Brasil, isso mesmo, falo do Racionais Mc's. Mano Brown, Edi Rock, Ice Blue e DJ KL Jay trocaram uma ideia com Spike Lee em uma entrevista super completa com cerca de hora de duração. O grupo falou sobre sua história, sobre o racismo no Brasil e como o Racionais elevou a auto estima do povo negro. Entre várias ideias trocadas, os integrantes também foram questionados sobre influências musicais, o que eles ouvem. 2Pac foi citado como uma das influências mais importantes para o grupo. "Go Brazil Go" é um documentário sobre o Brasil, destacando a ascensão política e econômica crescente do país na cena ...

    Leia mais
    Spike Lee (Foto: Victoria Will/Invision/AP)

    Com filme novo, Spike Lee fala de seu jeito de fazer cinema

    "Cara, se você não pode apostar em si mesmo, então o que está fazendo?", diz Lee numa entrevista por telefone. "Meus pais disseram para a gente: 'se vocês quiserem alguma coisa, vão atrás dela'." O diretor/produtor/escritor/ator de 55 anos, conhecido por seus filmes incendiários 'Faça a Coisa Certa' (1989) e 'Malcolm X' (1992), explodiu no cinema no fim dos anos 1980 com filmes ousados que não tinham medo de ir fundo em questões como racismo e política. Sua obra abriu caminho para outros realizadores afro-americanos, notadamente John Singleton e Tyler Perry, e serviu de trampolim para a carreira de atores como Samuel L. Jackson e Denzel Washington. Victoria Will/Invision/AP Na época, Lee dirigia filmes controvertidos; ele próprio é polêmico na vida real. Hoje, suas produções se enquadram mais na linha tradicional, mas sua perspectiva se mantém dura e mordaz. Em janeiro, na estreia no Sundance Film ...

    Leia mais
    Spike Lee (Foto: Victoria Will/Invision/AP)

    Spike Lee será homenageado no Festival de Veneza

    VENEZA (ANSA) – O diretor de cinema norte-americano Spike Lee será homenageado com o prêmio "Jaeger-LeCoultre Glory to the Filmmaker 2012" no Festival de Cinema de Veneza, informou hoje a Bienal de Veneza. O reconhecimento é dedicado a uma personalidade que tenha marcado de forma particularmente original o cinema contemporâneo. "Spike Lee é um espírito criativo e combativo, autor de filmes audazes e corrosivos, muitas vezes imprevisíveis e provocadores no melhor sentido do termo, capazes de nos obrigar a rever os nossos pré-julgamentos e as nossas idéias preconceituosas", afirmou o diretor da mostra, Alberto Barbera. A entrega do prêmio ao diretor será dia 31 de agosto, durante o 69ª Festival, que acontece de 29 de agosto a 8 de setembro. Após a entrega do prêmio, será apresentado o novo documentário de Spike Lee, "Bad 25", realizado em homenagem ao 25º aniversário do histórico disco de Michael Jackson, "Bad". Lee tinha ...

    Leia mais
    (Foto: Reuters)

    Spike Lee lançará novo documentário sobre Michael Jackson

    O disco Bad, um dos mais clássicos de Michael Jackson, aparece como o tema central do novo documentário do diretor Spike Lee, amigo pessoal do cantor e realizador do clipe póstumo de This Is It, informou a Sony Music nesta quarta-feira. O filme, que já se encontra em fase de pós-produção, chegará ao mercado com a intenção de celebrar o 25º aniversário deste álbum, marcado por alguns dos maiores sucessos do "rei do pop", caso de Bad, The Way You Make Me Feel, I Just Can't Stop Loving You, Dirty Diana, Smooth Criminal e Man In The Mirror. "Sou mais que um admirador de Michael Jackson", declara Spike Lee na nota emetida pela Sony. "No projeto Bad tenho a possibilidade de refletir a enorme importância deste álbum, as histórias que rodearam sua elaboração, os vídeos e própria turnê, que nunca tinha sido editada até hoje", acrescenta. A elaboração do que ...

    Leia mais
    Spike Lee (Foto: Victoria Will/Invision/AP)

    A sociedade brasileira segundo Spike Lee

    Após uma semana inteira de viagens, filmagens e entrevistas com personalidades brasileiras para o documentário "Go Brazil go", o cineasta americano Spike Lee, de 55 anos, se disse surpreso com a primeira de suas constatações: a ausência de negros na mídia brasileira. Para o diretor, que planeja o lançamento do filme para antes da Copa do Mundo de 2014, os Estados Unidos estão 20 anos à frente do Brasil quando o assunto é acabar com o racismo. Por Márcia Abos Foto: Victoria Will/Invision/AP - Meus ancestrais foram libertados em 1865 e, no Brasil, a escravidão foi abolida em 1888. É uma diferença pequena, mas se compararmos a evolução de afroamericanos e de afrobrasileiros, estamos 20 anos à frente - disse Lee, em entrevista coletiva realizada ontem em São Paulo. O cineasta esquivou-se das tentativas de definir seu novo filme, mas deixou claro que o racismo terá ...

    Leia mais
    Essa

    Spike Lee entrevista a Ministra da Igualdade Racial Luiza Bairros para documentário “Go Bazil Go!”

    O cineasta está no Brasil desde terça-feira (24), capturando imagens para projeto audiovisual sobre o país Imagem Seppir Ícone do cinema afro-americano, o cineasta estadunidense Spike Lee entrevistou hoje (26) a Ministra da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial, Luiza Bairros. Diretor, produtor e roteirista, Spike está no Brasil desde a última terça-feira, capturando imagens e participações de várias personalidades para o seu documentário "Go Brazil Go!". A conversa com a ministra foi pautada em questões relativas às desigualdades raciais do país e nos avanços alcançados na área. Além da ministra Luiza Bairros, estão na lista de entrevistados a presidenta Dilma Rousseff; os deputados federais Luiz Alberto e Romário; os cantores Gilberto Gil, Jorge Ben Jor e Chico Buarque; e o ex-jogador de futebol Pelé. O documentário, que fala sobre a emergência do país no cenário internacional, deve ser lançado antes da Copa do ...

    Leia mais
    Photo by Marc Baptiste

    Spike Lee confirmado para refilmagem de Oldboy

    Foi confirmado nesta segunda-feira (11) o nome do diretor Spike Lee para comandar a refilmagem do cultuado filme sul-coreano Oldboy. O estúdio Mandate, responsável pela produção do longa, através de seu presidente Nathan Kahane, revelou o nome de Lee em comunicado oficial. - É uma grande honra deixar esse projeto especial nas mãos de um diretor tão inspirado e verdadeiro ícone de nossa geração. Oldboy, o original de 2003, conta a história de um homem que foi mantido preso por 15 anos sem sequer saber por que foi preso e mesmo por que e como foi solto. Assim que ele é solto, começa uma jornada para descobrir esses mistérios e conhece o verdadeiro responsável pelo drama de sua vida. A produção, que é adaptação de um mangá, ganhou o grande prêmio do júri no Festival de Cannes de 2004 e é considerada um marco do cinema asiático. Desde o começo ...

    Leia mais
    Photo by Marc Baptiste

    Spike Lee prepara filme sobre Michael Jackson

    Los Angeles (EUA.), 22 abr (EFE).- O ator Samuel L. Jackson assegurou que o diretor americano Spike Lee está preparando um filme sobre a figura de Michael Jackson centrado em um show póstumo de seus seguidores, informaram hoje vários blogs dos Estados Unidos. O ator disse que teve acesso ao roteiro do filme, chamado "Brooklyn Loves Michael Jackson" e no qual está interessado em participar. "Parece que o farei", disse, em um encontro com a imprensa para a apresentação de sua nova produção "Mother and Child", do cineasta colombiano Rodrigo García. "Tivemos uma reunião, falamos sobre isso e li o roteiro. Gostei", comentou o ator. Segundo Samuel L. Jackson, Lee ficou muito incomodado com tudo o que envolveu a morte de Michael Jackson em junho de 2009, e se sentiu "deprimido", por isso começou a escrever uma história sobre fãs "que querem realizar um concerto em um parque de Brooklyn ...

    Leia mais
    Foto: Reuters

    “This Is It” de Michael Jackson ganha clipe dirigido por Spike Lee; assista

    A música "This Is It", que foi lançada após a morte de Michael Jackson, ganhou clipe em versão oficial. O vídeo foi dirigido pelo cineasta Spike Lee, que já havia trabalhado com o cantor em "They Don't Care About Us", rodado no Brasil com o grupo Olodum. Em "This Is It", Spike Lee fez uma compilação de fotos do rei do pop em apresentações de várias épocas, imagens da infância do astro e homenagens de fãs de sua cidade natal, Gary. O nome da música é também o título do que seria a última turnê de Michael, interrompida após a morte súbita em 25 de junho, aos 50 anos. As imagens gravadas nos ensaios para a excursão foram transformadas no filme "This Is It", que arrecadou cerca de US$ 250 milhões. O longa chegará às lojas brasileiras nos formatos DVD e Blu-ray no dia 27 de janeiro. O filme mostra ...

    Leia mais
    O Cineasta Spike Lee (Foto: AFP/Getty Images)

    Spike Lee: “Estou apenas a quatro gerações da escravatura”

    Nova-iorquino volta a abordar as questões raciais,recordando em "O milagre em Sant'Anna", que estreia hoje, quinta-feira, o papel dos soldados negros na II Guerra Mundial. Spike Lee assina, em "O milagre em Sant'Anna", o seu primeiro filme de guerra, homenageando os negros que participaram na Segunda Guerra Mundial, ao seguir quatro soldados da 92ª Divisão de Infantaria norte-americana que ficaram encurralados nos arredores da aldeia que dá o nome ao filme, depois de um deles ter arriscado a vida para salvar um miúdo. A história fictícia ancora-se no episódio verídico do massacre de Sant'Anna di Stazzema, cometido em Agosto de 1944 pelas SS, como retaliação pelas actividades da resistência italiana. Por que razão colocou uma criança no centro da história fictícia? Se olharmos para os filmes italianos da época, como "Roma, cidade aberta" ou "Libertação", o tema central é o efeito da guerra numa criança. Quisemos fazer justiça a esses ...

    Leia mais
    Spike Lee (Foto: Victoria Will/Invision/AP)

    Spike Lee representará Michael Jackson no Troféu Raça Negra

    O cineasta Spike Lee deve representar o cantor Michael Jackson na entrega do Troféu Raça Negra, que será realizada no próximo dia 15 de novembro, às 20h, na Sala São Paulo, região central da capital paulista. A organização do prêmio confirmou ao R7 que a negociação da vinda do diretor norte-americano já está avançada. Spike Lee foi diretor do clipe de Michael They Dont’t Care About Us, filmado na Bahia e no Rio de Janeiro, em 1996. O Rei do Pop, morto em 25 de junho deste ano, será o grande homenageado da edição 2009 do troféu. Até o momento, nenhum familiar de Michael demonstrou o desejo de vir ao Brasil. O prêmio valoriza negros que se destacaram no ano de 2009 em dez diferentes áreas: esportista masculino, esportista feminino, grupo de pagode, ator, atriz, cantor, cantora, rap, apresentador de TV e jornalismo televisivo. Na categoria esportista masculino concorrem Ronaldo, Serginho ...

    Leia mais
    Photo by Marc Baptiste

    Spike Lee ressalta papel de negros e latinos na sociedade

    Caracas, 24 jul (EFE).- Em visita à Venezuela, o cineasta americano Spike Lee ressaltou a importância dos jovens negros e latinos no mundo contemporâneo. Lee concedeu hoje uma coletiva de imprensa no Museu de Belas Artes de Caracas e destacou o papel dos jovens autores na revisão dos gêneros cinematográficos. O diretor também criticou as séries de televisão americanas. Para ele, estes programas não contam com uma participação relevante das minorias raciais do país. Quanto à política, Lee avaliou a importância da chegada de Barack Obama à Presidência dos Estados Unidos, e disse que o fato foi "um passo à frente" na normalização dos direitos da comunidade afro-americana. Entretanto, o cineasta preferiu não comentar sobre a política venezuelana, alegando que está há pouco tempo no país. EFE  

    Leia mais
    Jonathan Moore/Getty Images

    Spike Lee filma Kobe Bryant em estreia de gala

    "Kobe Doin" Work" (exibido hoje às 19h30) é o primeiro filme da série "30 for 30" que a ESPN produziu para comemorar seus 30 anos de existência. Em vista disso, 30 cineastas realizaram 30 documentários sobre personagens e fatos ligados a esportes de 1979 para cá. Por INÁCIO ARAUJO, da Folha de S.Paulo  Foto: Jonathan Moore/Getty Images A estreia é de gala, pois trata-se de Spike Lee, um dos mais célebres realizadores americanos da atualidade, tratando de Kobe Bryant, provavelmente o mais talentoso jogador de basquete pós-Michael Jordan. Kobe, para quem não sabe, sempre jogou pelos Los Angeles Lakers, e Spike desde sempre torce para os Knicks, o time de Nova York. Esse último dado é o mais importante: Spike é torcedor de carteirinha, desses que acompanham o jogo das cadeiras de pista, quase dentro da quadra. Sua ideia em "Kobe Doin" Work" (não deviam traduzir isso? ...

    Leia mais
    Página 2 de 2 1 2

    Últimas Postagens

    Artigos mais vistos (7dias)

    Twitter

    Welcome Back!

    Login to your account below

    Create New Account!

    Fill the forms bellow to register

    Retrieve your password

    Please enter your username or email address to reset your password.

    Add New Playlist