quarta-feira, novembro 25, 2020

    Tag: torcida

    Cristóvão revela ter sido alvo de racismo de parte da torcida do Vasco

    Treinador tricolor reclamou de xingamentos quando fazia substituições que desagradavam torcedores Por Vinicius Carvalhosa  Do Futnet Técnico do Fluminense há quase um ano, Cristóvão Borges foi lançado ao mundo do futebol comandando o Vasco no vice-campeonato do Brasileirão de 2011 após os problemas de saúde de Ricardo Gomes. E o treinador revelou que sofreu com racismo por parte da torcida quando trabalhava em São Januário. "O racismo existe, não tem como esconder. No Vasco, quando eu tirava o Felipe ou o Juninho, o torcedor achava que eu estava maltratando o ídolo. Para o torcedor, era muito abuso partindo de um ex-assistente, e negro, que ainda por cima defendia suas convicções. Eu me coloco. E essa coisa incomoda. Eu defendo minhas convicções independentemente de gostarem ou não, de ser vaiado ou não. Sei que isso incomoda. Não faço para agradar. Defendo e sustento. Como sou negro, percebo a agressividade. Os caras ...

    Leia mais
    Vaias a Aranha são a vitória do racismo na Arena do Grêmio

    Vaias a Aranha são a vitória do racismo na Arena do Grêmio

    por José Antonio Lima O racismo brasileiro, que contesta a existência do preconceito e nega ao negro até mesmo o direito de se sentir ofendido, obteve uma vitória expressiva na Arena do Grêmio, na noite desta quinta-feira 18 em Porto Alegre. Três semanas depois de Aranha ser chamado de “macaco” e “preto fedido”, o goleiro do Santos foi xingado de “viado” e “branca de neve”, vaiado durante o aquecimento e também a cada vez que encostava na bola durante nova partida entre os dois clubes, desta vez pelo Campeonato Brasileiro. Foi uma clara demonstração por parte de muitos torcedores gremistas da “indignação” provocada pelo simples fato, vejamos só o tamanho do buraco, de ter denunciado o ato de racismo do qual foi vítima em 28 de agosto. Como de costume, houve uma tentativa cínica de negar que as vaias a Aranha fossem uma crítica ao goleiro e, consequentemente, apoio ao ato de racismo anterior. ...

    Leia mais
    O que faziam dois negros no meio dos torcedores racistas do Grêmio?

    O que faziam dois negros no meio dos torcedores racistas do Grêmio?

     Marcos Sacramento Um detalhe chamou a atenção nas filmagens das agressões racistas contra o goleiro Aranha, do Santos, na vitória contra o Grêmio pela Copa do Brasil, nesta quinta-feira (28). No grupo de torcedores que entoavam o grito de “macaco” havia dois negros. O próprio goleiro citou este fato, durante uma entrevista coletiva. “Ontem tinha dois negros no meio lá me xingando também e eu ouvindo tudo aqui. Eu falei, pô, será que são negros só por fora? E por dentro? Sabe, o cara tem que ter consciência do que ele faz.” É mesmo difícil tentar compreender o que leva dois negros a lançar ofensas racistas contra outro negro. Negação da própria identidade? “Efeito matilha” provocado pela empolgação dos companheiros de torcida? Ignorância? Vendo os torcedores gremistas lembrei dos meus tempos de garoto. Havia um moleque endiabrado e negro que chamava outros dois amigos de “macacos”. Seu tom de pele ...

    Leia mais

    Racismo a Balotelli gera revolta; fãs pedem saída da seleção

    O novo episódio de racismo no futebol europeu,desta vez com o atacante Mario Balotelli em treino da Itália para a Copa do Mundo de 2014, gerou revolta nas redes sociais. Torcedores de várias nacionalidades prestaram apoio ao jogador e pediram até que ele abandone a seleção.“Quanto racismo Balotelli ainda vai aguentar antes de decidir deixar o futebol italiano?”, questionou um fã. “Meus sentimentos a Balotelli. Racismo da própria torcida… Lamentável”, declarou outro. Termos como “idiotas” e vagabundos” foram utilizados por internautas para se referir aos racistas.De acordo com o jornal inglês The Guardian, a frase “Balotelli, seu preto pedaço de m...” teria saído da boca de um dos jovens italianos que visitavam a seleção nacional na manhã desta quarta-feira.O atacante ficou claramente irritado, mas não abandonou o treino e sequer respondeu. Apenas se dirigiu ao centro do gramado e, em tom sereno, disse a seus companheiros: “Incrível, isto só acontece ...

    Leia mais

    Últimas Postagens

    Artigos mais vistos (7dias)

    Twitter

    Welcome Back!

    Login to your account below

    Create New Account!

    Fill the forms bellow to register

    Retrieve your password

    Please enter your username or email address to reset your password.

    Add New Playlist