‘Tenho esperança de encontrar os três vivos’, diz mãe de um dos meninos desaparecidos na Baixada Fluminense

Enviado por / FontePor Fantástico, no G1

Tenho esperança de encontrar os três vivos – diz mãe de um dos meninos. Saiba mais a seguir.

Três mães devastadas de tanto sofrimento. Há 140 dias, elas não sabem nem “onde”, nem “como” estão os filhos Lucas, Fernando e Alexandre. As crianças desapareceram em um domingo, dia 27 de dezembro de 2020.

Rana é mãe de Alexandre e tia de Lucas. Os dois primos foram brincar em uma quadra ao lado do condomínio onde moram. Lá se encontraram com Fernando.

“Eu tenho esperança de encontrar os três vivos. Os três”, diz Tatiana da Conceição Ribeiro, mãe de Fernando Henrique.

As crianças saíram de uma área do Rio de Janeiro dominada por traficantes de uma facção onde eles moram e chegaram a uma área dominada pela milícia. A polícia não esconde que isso é um obstáculo para fazer o seu trabalho. Sem uma conclusão da polícia, as famílias se mobilizam pregando cartazes nas redondezas e indo pessoalmente atrás das crianças quando recebem informações anônimas pelo telefone. Sem notícias, a mãe mantém a esperança de encontrar os três vivos.

+ sobre o tema

Mecânico morre após ser agredido por policial militar em São Paulo

O mecânico Eduardo Alves dos Santos, 42 anos, morreu...

Não controlamos o destino de nossos corpos

Um jovem escritor explica, numa carta ao filho, o...

Familiares de vítimas da violência policial comemoram fim dos ‘autos de resistência’

Mães de Maio esperam que resolução incentive o Ministério...

Ativistas denunciam na ONU morte de Mãe Bernadete e pedem ação do Brasil

O caso do assassinato da líder quilombola Mãe Bernadete...

para lembrar

Menina é apedrejada na saída de culto de candomblé no Rio

Rio de Janeiro, 16 - Uma menina de 11...

A pesquisadora que foi expulsa da Espanha

  Acho que muitos de vocês sabiam que eu estava...

Reitor da Uerj pede agilidade do STF no julgamento das cotas raciais

- Fonte: Zero Horas - De acordo com reitor,...

‘Não tem perdão’, diz irmã de jovem morta por engano por PMs

Policiais militares do Rio abrem fogo contra carro, matam...
spot_imgspot_img

Futuro da gestão escolar

A educação pública precisa de muitos parceiros para funcionar. É dever do Estado e da família, com colaboração da sociedade, promover a educação de todas as...

Educação para além dos muros da escola

Você pode fornecer escolas de qualidade para os mais pobres e, mesmo assim, talvez não veja a mudança na realidade do país que se...

Criança não é mãe

Não há como escrever isto de forma branda: nesta quarta-feira (12), a Câmara dos Deputados considerou urgente discutir se a lei deve obrigar crianças vítimas de estupro à...
-+=