Ufba abre seleção para 1.031 vagas residuais; veja disponibilidade para cada curso

Processo terá duas etapas; veja datas de inscrição e valores

Do Correio 24 Horas 

Universidade Federal da Bahia (Ufba) (Foto: Maiana Belo/G1 Bahia)

Alunos que querem entrar na Universidade Federal da Bahia (Ufba) terão a oportunidade de participar do processo seletivo para vagas residuais. O edital de seleção foi divulgado pela instituição nesta segunda-feira (8).

Ao todo, serão 1.031 vagas para o segundo semestre letivo de 2019 – 78 a mais que no ano passado, quando foram 953 ofertadas. O processo abrange cursos presenciais de graduação e contemplará alunos de transferência interna, transferência externa, matrícula de portador de diploma de nível superior e integralização curricular de ex-aluno.

O curso com maior número de vagas é Química, no turno da noite, com 80. Em seguida, está Fisioterapia diurno, com 50. Confira todas as vagas aqui.

A seleção acontecerá em duas etapas. A primeira terá inscrições de 22 a 24 de abril e será para a modalidade de transferência interna. Não será cobrada taxa de inscrição. Segundo o edital, “é necessário que o candidato tenha obtido pontuação igual ou superior à do último colocado (da última convocação) da mesma categoria de cotas no ano de sua admissão”.

Já a segunda etapa, com inscrições que iniciam às 9h do dia 16 de maio e encerram às 17h de 22 de maio, é para candidatos que precisam de transferência externa, diplomados reintegração de curso e transferência interna. A inscrição varia entre três valores, a depender da modalidade escolhida: R$ 63, R$ 179 e R$ 210. Nessa etapa, é necessário que o candidato faça uma prova, que será aplicada no dia 16 de junho.

Mais informações podem ser conferidas no site da Ufba (http://www.vagasresiduais.ufba.br/).

Confira:
Edital de seleção
Quadro de vagas

+ sobre o tema

Projeto de escolas cívico-militares é aprovado na Alesp após estudantes serem agredidos por policiais

O projeto de lei que prevê a implementação das escolas...

Educação domiciliar e seus impactos para a convivência democrática

A educação domiciliar, também conhecida internacionalmente como homeschooling, tem...

Candidatos do Rio Grande do Sul terão isenção no Enem

O ministro da Educação, Camilo Santana, anunciou que todos...

Liberdade para Ensinar e Aprender: Pesquisa Nacional Analisa Violências Sofridas por Educadores/as no Brasil

O Observatório Nacional da Violência contra Educadoras/es (ONVE), sediado...

para lembrar

Projeto divulga cultura afro-brasileira para crianças

Você precisa conhecer a Nana e o Nilo Por Michelle Carneiro...

Garota responde bullying em escola com mensagens de carinho

Caitlin Prater-Haacke, uma aluna que vive no subúrbio de Calgary, no...

Na Califórnia, minivans com Wi-fi possibilitam aulas online a estudantes mais pobres

SANTA ANA, EUA - Uma van, um pequeno roteador...
spot_imgspot_img

FGV e Fundação Itaú oferecem bolsas de mestrado em comunicação digital e cultura de dados

A FGV-ECMI (Escola de Comunicação, Mídia e Informação da Fundação Getúlio Vargas) vai oferecer 30 bolsas integrais para o mestrado em comunicação digital e...

Projeto de escolas cívico-militares é aprovado na Alesp após estudantes serem agredidos por policiais

O projeto de lei que prevê a implementação das escolas cívico-militares na rede estadual e municipal de ensino foi aprovada na noite desta terça-feira (21) na...

Educação domiciliar e seus impactos para a convivência democrática

A educação domiciliar, também conhecida internacionalmente como homeschooling, tem sido objeto de debate em diversos contextos nacionais e internacionais, mobilizando famílias, a sociedade e...
-+=