A última geração de africanos escarificados

Por IdeaFixa

Na Costa do Marfim, mais precisamente na cidade de Abidjan, era comum ver Hââbré, um culto antigo de escarificação.

Hoje em dia, apenas as pessoas mais velhas usam as cicatrizes propositais nos rostos. Joana Choumali decidiu fotografar esta população marcada na série “Haabre, A Última Geração 2013-2014” e teve dificuldades em encontrar gente disposta a posar.

Escarificação é a prática de performar incisões superficiais na pela humana. Esta prática está desaparecendo em função da pressão religiosa, atuação das autoridades, da vida urbana e introdução de roupas nas tribos.

O fundo verde das fotos serviu para proporcionar neutralidade. O objetivo é poupar as pessoas de julgamento ou qualquer estigma. As fotos foram feitas com as pessoas de costas e depois de frente para mostrar que as cicatrizes servem como identidade dos que foram marcados.

O tema é complexo porque no passado, os indivíduos escarificados tinham status e reconhecimento. Hoje são apenas excluídos por um costume não mais vigente. Em compensação, a escarificação vem se espalhando pelo mundo como opção estética. Algo quase extinto e tribal vem sendo apropriado ou simplesmente apreciado?haabre-photography01haabre-photography02haabre-photography03haabre-photography04haabre-photography05haabre-photography06haabre-photography07haabre-photography08haabre-photography10

Fonte: Idea fixa

 

 

+ sobre o tema

para lembrar

Bailarino inspira-se em cultura Ioruba no processo de criação para espetáculo

“Depoimentos para fissurar a pele – é dualidade; existência...

Descanse em paz, caro Stuart! – Por: Sandra Machado

Há alguma esperança... O professor e pesquisador do multiculturalismo, Stuart...

Nzinga Mbandi encanta estudantes brasileiros

Agora como um novo pseudo-retrato do pintor francês, Henri...
spot_imgspot_img

6 brasileiros que lutaram pelo fim da escravidão no Brasil

O fim da escravidão no Brasil completa 136 anos em 13 de maio deste ano. Em 1888, a princesa Isabel, filha do imperador do Brasil Pedro 2º,...

Dia 21, Maurício Pazz se apresenta pela primeira vez no Instrumental Sesc Brasil

Maurício Pazz, paulistano, nos convida a mergulhar nos diferentes sotaques oriundos das diásporas africanas no Brasil. No repertório, composições musicais do próprio artista, bem...

Mães e Pais de Santo criam rede de solidariedade para apoiar comunidades de matriz africana afetadas no Sul

Quando a situação das enchentes se agravou no Rio Grande do Sul, Ialorixás e Babalorixás da cidade de Alvorada, região metropolitana de Porto Alegre,...
-+=