Guest Post »

Unesp lança edital do vestibular 2010

A Unesp (Universidade Estadual Paulista) divulgou nesta terça-feira (14) o edital do vestibular 2010. Em março, a instituição aprovou mudanças no processo seletivo, que passou a ter duas fases, com um total de três dias de exame. Antes o vestibular era realizado em fase única.

Fonte: UOL Notícias 

Os candidatos poderão concorrer a 6.394 vagas. As inscrições deverão ser feitas exclusivamente pela internet, de 8 de setembro a 2 de outubro.

 

A prova da primeira fase será no dia 8 de novembro. Os candidatos serão convocados no dia 4 de dezembro e farão as provas nos dias 20 e 21 de dezembro. A divulgação da convocação para matrícula e da lista de espera acontecerá em 29 de janeiro de 2010.

 

Como será a prova
A primeira fase, eliminatória, terá prova de conhecimentos gerais, com 90 questões de múltipla escolha, sendo 30 de cada área especificada nos PCNs (Parâmetros Curriculares Nacionais):

 

# Linguagens, códigos e suas tecnologias (elementos de língua portuguesa e literatura, língua inglesa, educação física e arte);
# ciências da natureza, matemática e suas tecnologias (elementos de biologia, física, química e matemática);
# ciências humanas e suas tecnologias (elementos de história, geografia e filosofia).

 

Para realizar a segunda fase, serão convocados os mais bem classificados na primeira etapa. Esta fase será aplicada em dois dias. No primeiro, a avaliação será composta de 12 questões discursivas de ciências da natureza, matemática e suas tecnologias e 12, também discursivas, de ciências humanas e suas tecnologias.

 

No segundo dia, os candidatos farão a prova com 12 questões discursivas de linguagens e códigos e suas tecnologias e uma prova de redação em língua portuguesa, de gênero dissertativo. A duração de cada dia de prova (primeira e segunda fases) será de quatro horas e meia.

 

Uso do Enem
O aproveitamento da nota do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) também será maior. Até o último processo seletivo, a nota do exame compunha 4% da nota final. Com as mudanças aprovadas, o Enem representará 10% da pontuação final, nos cursos em que não há prova de habilidade específica.

 

As provas de habilidades específicas, que antes eram aplicadas para todos os candidatos, agora passarão a ser realizadas apenas pelos estudantes convocados para a segunda fase.

 

Veja o quadro com as mudanças no processo seletivo:

 

Mudanças no vestibular da Unesp

Como eraComo ficou
Fase única: três dias seguidos de provas, aplicadas a todos os candidatos.Duas fases: três dias de provas. A primeira fase (um dia) é aplicada a todos os candidatos. A segunda fase (dois dias) será aplicada a um total de candidatos entre 4 e 6 por vaga de cada curso.
Primeiro dia: conhecimentos gerais (84 questões de múltipla escolha de geografia, história, língua estrangeira – inglês ou francês -, matemática, física, química e biologia.Primeira fase: prova de conhecimentos gerais com 90 questões de múltipla escolha, sendo 30 de cada área especificada nos PCNs – linguagens, códigos e suas tecnologias (elementos de língua portuguesa e literatura, língua inglesa, educação física e arte); ciências da natureza, matemática e suas tecnologias (elementos de biologia, física, química e matemática); ciências humanas e suas tecnologias (elementos de história, geografia e filosofia).
Segundo dia: conhecimentos específicos (25 questões discursivas de matérias ligadas à área do curso – ciências exatas, ciências biológicas ou humanidades).Segunda fase – primeiro dia: será composta de 24 questões discursivas, sendo 12 de ciências da natureza, matemática e suas tecnologias e 12 de ciências humanas e suas tecnologias.
Terceiro dia: língua portuguesa (10 questões dissertativas e uma redação).Segunda fase – segundo dia: será composta de 12 questões discursivas de linguagens e códigos e suas tecnologias e uma prova de redação em língua portuguesa, de gênero dissertativo.
Duração de cada dia de prova: quatro horas.Duração de cada dia de prova: quatro horas e meia.
Nota de corte: não há.Nota de corte: será parametrizada adicionalmente pela probabilidade de convocação para matrícula, a partir do desempenho na prova de conhecimentos gerais.
Cálculo da nota final: cada prova é avaliada em escala de 0 a 100 pontos, sendo que as de conhecimentos específicos e língua portuguesa terão peso dois e a de conhecimentos gerais, peso um. Para os cursos com provas de habilidades, a nota vai de 0 a 100 e terá peso dois ou três. A nota final será a soma de cada prova multiplicada por dois (exceto conhecimentos gerais). e dividida por cinco (sete ou oito, para os cursos com prova de habilidades).Cálculo da nota final: cada prova é avaliada em escala de 0 a 100 pontos para conhecimentos gerais e de 0 a 100 para conhecimentos específicos e redação, sendo de 0 a 72 para as questões discursivas da segunda fase e de 0 a 28 para redação. Para cursos com provas de habilidades, a nota será atribuída de 0 a 100. A nota final será a média aritmética simples das duas fases (ou três fases, para os cursos com provas de habilidades, também com nota de 0 a 100), com peso um para cada fase.
Uso do Enem: 20% da nota de conhecimentos gerais, quando superior a ela, o que representa 4% da nota final (para cursos em que não há prova de habilidades).Uso do Enem: 20% da nota de conhecimentos gerais, quando superior a ela, o que representa 10% da nota final (para cursos em que não há prova de habilidades).
Prova de habilidades: aplicada para todos os candidatos de cursos para os quais há a prova, com exigência programática de bibliografia especializada.Prova de habilidades: aplicada apenas aos candidatos convocados à segunda fase, constituída de uma avaliação exploratória do potencial do candidato e sua aptidão para o curso escolhido, sem exigência programática de bibliografia especializada.
Critérios para desempate: prevalecem, sucessivamente, as notas atribuídas às provas de conhecimentos específicos, de conhecimentos gerais (sem considerar a nota do Enem), à redação (prova de língua portuguesa) e à disciplina com maior número de questões na prova de conhecimentos específicos da área de opção do candidato.Critérios para desempate: maior nota na prova de conhecimentos gerais (sem considerar o Enem), maior nota na prova de conhecimentos específicos e maior nota na prova de redação.
Fonte: Assessoria de Imprensa da Unesp

 

 

Related posts