Você já sorriu hoje?

Dou risos. Não sei o motivo; certas feitas o riso nos pega de tamanha forma, que nos deleitamos sozinhos não importa o local que estamos situados.

Agora mesmo, me arrepiei de tantos soltar gargalhadas. Acho que não é necessário saber o motivo ou causa.

Sorrir faz bem para a alma, sorrir faz bem para o coração, e se faz bem para as nossas vidas vamos ri.

Então, colocadas os questionamentos dos risos de lado, vamos nos esbaldar nas alegrias da vida. 

O Sol hoje nasceu sorrindo, iluminando as nuvens que de tão fofinhas, nos dar vontade de apertá-las e chamá-las de algodão doce.

Vamos sorri com o Sol, vamos viajar com as nuvens e nos deixar lavar ao feliz canto dos passarinhos.

Ah! Que maravilha.

Em uma vida de deleite não há espaço para momentos de tristeza, o quão ser feliz é bom, vamos irrigar o canteiro da vida, com boas sementes que brotam alegrias.

Vamos fazer um canteiro e por simplesmente gente contente; onde o certo é não se contentar de ser contente.

Uma vida de risos. Eita! que coisa boa. Vamos olhas situações inusitadas, não importa que seja um pequerrucha formiga, ou, um grande elefante tomando banho. O importante é sorri.

A vida foi feita em momentos de felicidades, alguns com mais alegria outros com mais felicidade, a vida foi feita em ato de alegria, vamos ri com a vida esta eterna fantasia.

A vida pediu um sorriso e, deu um recado: “Deixe de lado a insatisfação e vamos dar lugar aos prazeres ……”.

Assim, ainda disse a vida “eu sou uma poesia, eu vim no mundo trazer a alegria, viva o riso em sua imaginação, ao toque de cada dia”.

A vida passou, um legado deixou. Sorrir para a vida, sorri para o próximo, sorri para o Sol, sorri para a Lua, vamos ficar em júbilo, vamos ri do acaso, ter a mania de Felicidade, somos fazedores de risos e vamos seguir o conselho da vida, vida esta que nos falou lá encima – semeamos tudo de bom e a coroa da felicidade será sua.

Seu prêmio? A resposta nós já temos. Pode ser uma grande gargalhada de nada, ou, do nada .

A vida é um paradoxo².

E você já sorriu hoje?


¹ Acadêmico de Pedagogia, texto dissertado no quotidiano de um sala de aula do ensino fundamental, aproveitando o ensejo. Estou Auxiliar de Ensino de um educando disléxico, assim, nos interregnos escrevo versos, poemas, contos e histórias. 

² Paradoxo é o oposto do que alguém pensa ser a verdade ou o contrário a uma opinião admitida como válida. Um paradoxo consiste em uma ideia incrível, contrária do que se espera. Também pode representar a ausência de nexo ou lógica.


** ESTE ARTIGO É DE AUTORIA DE COLABORADORES OU ARTICULISTAS DO PORTAL GELEDÉS E NÃO REPRESENTA IDEIAS OU OPINIÕES DO VEÍCULO. PORTAL GELEDÉS OFERECE ESPAÇO PARA VOZES DIVERSAS DA ESFERA PÚBLICA, GARANTINDO ASSIM A PLURALIDADE DO DEBATE NA SOCIEDADE. 

 

 

 

+ sobre o tema

Aluno africano denuncia racismo em mensagem com suásticas nazistas na UFRGS; polícia investiga

Um estudante africano da Universidade Federal do Rio Grande do Sul...

“Dispositivo de Racialidade”: O trabalho imensurável de Sueli Carneiro

Sueli Carneiro é um nome que deveria dispensar apresentações....

Eu era menino quando os da caserna confundiram-me com um comunista

Eu tinha pouco mais de dois anos quando raiou...

UFRJ terá primeira mulher negra como diretora da Faculdade de Educação

Neste ano, a Faculdade de Educação da Universidade Federal do...

para lembrar

O direito à felicidade

Umberto Eco Às vezes eu me pergunto se muitos dos...

Ocupe-se de pouco para ser feliz

Paulo Nogueira “Ocupe-se de pouco para ser feliz”. Foi essa...

Ser feliz é obrigatório?, por Eliana Rezende

Há algum tempo atrás escrevi sobre direitos que queria...

Todo dia é dia

ONU escolheu o 20 de março como a data...
spot_imgspot_img

Permita que eu escureça, não esclareça

Permita que eu fale, não as minhas cicatrizes Permita que eu escureça, não esclareça É um tema difícil. No momento que começo escrever sobre, minha garganta...

Edgar Morin: “Se Você Viver Poeticamente Encontrará Felicidade”

Pai da teoria da complexidade, Edgar Morin defende a interligação de todos os conhecimentos, combate o reducionismo, valoriza o complexo e ama viver poeticamente....

Mulheres negras e a felicidade no meio do caminho…

Há algumas semanas, na Inglaterra, eu conversava com uma jovem negra inglesa de vinte e poucos anos. Por Viviana Santiago Do Palavra de Preta Em nossa conversa a jovem...
-+=