sexta-feira, janeiro 27, 2023
InícioDiscriminação e PreconceitosCasos de PreconceitoA xenofobia e sua ligação com o etnocentrismo.

A xenofobia e sua ligação com o etnocentrismo.

Ao decorrer das gerações, alguns grupos étnicos se elevaram em relação a outros menos favorecidos economicamente e tecnologicamente. Com a ascensão e o poder destes grupos, demais etnias e culturas começaram a ser menosprezadas, tornadas como ridículo ou motivo de ódio.

Tomando como base a realidade atual mundial, podemos fazer uma analogia e dizer que o povo europeu é um destes membros opressores que se mantém nessa posição etnocentrista. Com vários países europeus possuindo partidos políticos que visam o favorecimento da “população nacional”, começa a ocorrer o surgimento  agrupado de xenófobos organizados, na qual por muitas vezes se manifestam contrários, publicamente, acerca de imigrantes ou descendentes desses. (No caso europeu, principalmente muçulmanos)

Em um mundo tão moderno como o atual, é incrível ainda ouvir pessoas discutindo sobre superioridade de tal nação tendo como critérios sua cultura, características físicas e afins, já que além de ser uma ação puramente etnocentrista e sem fundamentos, esses comentários “a la Gobineau” muitas vezes servem apenas para que o individuo agressor se auto afirme. Mas mesmo assim, é visível que um grande numero de pessoas ainda tem essas atitudes.

É interessante notar que a ideia de xenofobia não se restringe apenas para imigrantes, mas também migrantes – pessoas da própria nação. Tomando o Brasil como exemplo, infelizmente é comum encontrar – principalmente por meios digitais como a internet – indivíduos que difamam pessoas de outros estados e regiões como por exemplo o Acre e todo o nordeste. No programa Fantástico, exibido pela Rede Globo, em um dos episódios do quadro “Vai fazer o quê?”, foi encenado  um ataque xenofóbico entre uma paulista contra uma vendedora de pipoca de origem nordestina com o objetivo de ver a reação do publico. Eticamente houveram pessoas que declararam a paulista sua repulsa pelo que ela fizera. Assim felizmente mostrando que o xenofobismo não é uma atitude exercida por toda a população. Em contrapartida, um fato real fora ocorrido em Porto Alegre, RS, na qual se teve grande repercussão por causa de um vídeo gravado por um brasileiro agredindo a imagem de imigrantes haitianos que exerciam seus trabalhos em um posto de abastecimento. Perante entrevista para o programa CQC, ao ser questionado pelo repórter, o xenófobo fica sem argumentos para se explicar acerca de que fizera, mostrando incapacidade de sustentar sua defesa.

Concluindo, a xenofobia é um grave problema social, que se analisado, ocorre em maior escala em países desenvolvidos, onde os indivíduos sentem-se ameaçados de certa forma por povos diferentes. Essa aversão a estrangeiros, contudo, é inexplicável, já que com um mundo globalizado que pertencemos, até mesmo o país onde vive o xenófobo, ao longo dos tempos, recebeu certa influência estrangeira.

Artigos Relacionados
-+=
PortugueseEnglishSpanishGermanFrench