sexta-feira, maio 27, 2022
InícioQuestões de GêneroViolência contra Mulher16 Dias de Ativismo - Fim da Vilolência Contra as Mulheres -...

16 Dias de Ativismo – Fim da Vilolência Contra as Mulheres – 25/11 a 10/12/2011

(Centro para Liderança Global das Mulheres/Site da Vereadora Amélia/PT-SJCampos)

A Campanha 16 Dias de Ativismo Contra a Violência de Gênero é uma iniciativa internacional patrocinada pelo Centro para Liderança Global das Mulheres, que desde 1991 vem mobilizando mais de 3.700 organizações em cerca de 164 países. Para delimitar o período da campanha foram escolhidas as datas de 25 de novembro (Dia Internacional Contra a Violência Contra as Mulheres) e 10 de dezembro (Dia International dos Direitos Humanos), a fim de vincular simbolicamente a violência contra as mulheres e os direitos humanos, enfatizando que essa violência constitui uma violação dos direitos humanos das mulheres.

Em 2011, a campanha adotou o tema “Da paz no lar, até a paz no mundo: Desafiemos o militarismo e acabemos com a violência das mulheres”, enfatizando o impacto das armas na vida das mulheres. O objetivo é reunir organizações de várias partes do mundo para discutir questões como a paz, o desarmamento e a defesa dos direitos humanos com a finalidade de desafiar a militarização. A campanha pretende também denunciar o aumento do número de armas pequenas e sua relação com a violência doméstica. Saiba mais sobre a Campanha dos 16 Dias: http://16dayscwgl.rutgers.edu/ http://16dayscwgl.rutgers.edu/

Durante este período de 16 dias também ocorrem outras datas significativas, como o Dia Mundial da Aids (em 1º de dezembro) e o Dia Nacional de Mobilização dos Homens pelo Fim da Violência contra as Mulheres (6 de dezembro), que marca o aniversário do Massacre de Montreal.

A Campanha dos 16 dias tem sido usada como uma estratégia de mobilização de indivíduos e grupos ao redor do mundo para pedir a eliminação de todas as formas de violência contra as mulheres por:

sensibilização sobre a violência de gênero como uma questão de direitos humanos nos níveis local, nacional, regional e internacional

reforçar o trabalho local em torno da violência contra as mulheres

estabelecer uma ligação clara entre o trabalho local e internacional pelo fim da violência contra as mulheres

proporcionar um fórum em que os organizadores podem desenvolver e compartilhar novas estratégias de maneira eficaz

demonstrar a solidariedade das mulheres em todo o mundo organizando ações pelo fim da violência contra as mulheres

criação de ferramentas para pressionar os governos a implementar as promessas feitas para eliminar a violência contra as mulheres.

Fonte: Mulher Negra

Artigos Relacionados
-+=