2ª Conferência do Desenvolvimento apresenta em sua programação o Espaço de Gênero e Raça

Conferência acontecerá entre os dias 23 e 25 de novembro em Brasília

A Conferência tem como objetivo promover o debate nacional acerca do desenvolvimento e será realizada de forma aberta e gratuita. A Code terá mais de mil palestrantes, 70 lançamentos de livros, nove painéis, 109 mesas, 12 oficinas e mais de 60 estandes de entidades de todo o Brasil (ministérios, governos estaduais e municipais e representantes da sociedade civil). Os inscritos receberão certificados de participação.

Nesta edição, haverá ainda a Arena Code, um espaço de mil metros quadrados no qual os visitantes poderão descobrir e debater possibilidades de economias criativas e conteúdos digitais. Além disto, serão apresentados 260 trabalhos inéditos sobre desenvolvimento, produzidos por especialistas de todo o país e selecionados através de chamada pública. Será apresentada também a 1ª Série de Mostras de Cinema da Code.

O Observatório Brasil da Igualdade de Gênero estará presente no Espaço Gênero e Raça da Code, onde será lançado a 4ª Edição do Retrato das Desigualdades de Gênero e Raça

Confira a programação do Espaço Gênero e Raça:

 

Fonte: Observatório de Gênero 

+ sobre o tema

Violência doméstica. Uma mulher é assassinada por semana em Portugal

Desde o início do ano, já foram assassinadas 40...

Hospital proíbe manobra de Kristeller e reconhece violência obstétrica

Um hospital público de São Paulo aboliu neste mês a...

Travesti gaúcha consegue inédita mudança de nome na certidão de nascimento

A travesti Marcelly Malta Schwarzbold, 60 anos, presidenta do...

para lembrar

Cresce registro de agressões contra mulher

As ocorrências de lesão corporal contra mulher subiram 234%,...

Primeira a ser vacinada é mulher, negra e enfermeira do Emílio Ribas em SP

A primeira pessoa escolhida para tomar a Coronavac, vacina...
spot_imgspot_img

O mapa da LGBTfobia em São Paulo

970%: este foi o aumento da violência contra pessoas LGBTQIA+ na cidade de São Paulo entre 2015 e 2023, segundo os registros dos serviços de saúde. Trata-se de...

Grupos LGBT do Peru criticam decreto que classifica transexualidade como doença

A comunidade LGBTQIA+ no Peru criticou um decreto do Ministério da Saúde do país sul-americano que qualifica a transexualidade e outras categorias de identidade de gênero...

TSE realiza primeira sessão na história com duas ministras negras

O TSE realizou nesta quinta (9) a primeira sessão de sua história com participação de duas ministras negras e a quarta com mais ministras...
-+=