71% das vítimas da escravidão moderna são mulheres segundo Índice Global da Escravidão 2018

O Índice Global de Escravidão 2018 foi divulgado nos últimos dias pela fundação Walk Free, com dados referentes a 2016. Os números são estarrecedores.

Do Hypeness

Foto: Divulgação Walk Free Foundation

Segundo a organização, cerca de 40,3 milhões de pessoas seriam vítimas de escravidão moderna no mundo. Destas, 15,4 milhões são mulheres que vivem em casamentos forçados e 24,9 milhões são pessoas que realizam trabalhos forçados.

Foto: Divulgação Walk Free Foundation

A prevalência de mulheres que se encontram nessa situação é assutadora: elas correspondem a 71% das vítimas de escravidão moderna, enquanto homens respondem por apenas 29% deste cálculo.

O Brasil foi classificado como um país com baixa incidência de escravidão e com fortes respostas do governo a este tipo de prática.

Foto: Divulgação Walk Free Foundation

Entre os cinco principais produtos importados que envolvem práticas de escravidão moderna em sua produção, o índice destaca eletrônicos, vestimentas, peixes, cacau e cana de açúcar.

No Brasil, a cana de açúcar ficou de fora deste ranking e foi substituída pela importação de gado, vindo majoritariamente do Paraguai, como mostra o mapa abaixo.

Foto: Divulgação Walk Free Foundation

A organização define as seguintes práticas como escravidão moderna:

  • Trabalho forçado
  • Servidão por dívida
  • Casamento forçado
  • Trabalho infantil
  • e outras formas de trabalho escravo ou análogo ao escravo
Foto: Divulgação Walk Free Foundation

Para saber mais sobre cada uma destas classificações e ler o relatório na íntegra, clique aqui.

+ sobre o tema

Chica da Silva

Nota: Esta página é sobre a personagem histórica Chica da Silva. Se...

O caminho de volta

Recessão e decisões políticas que não priorizaram os pobres...

Maya Angelou

- Nome: Maya Angelou - - Data de nascimento: 4 de abril...

Sobre o Encontro de Mulheres Negras do Cone Sul na Argentina

No dia 17 de fevereiro de 2018 foi realizada...

para lembrar

10 livros sobre feminismo escritos por mulheres para ler já

“Mulheres com olhos e ouvidos na ponta da língua,...

‘Sofri um estupro coletivo no dia do meu casamento’

Queniana Terry Gobanga foi estuprada por grupo de homens,...

Violência doméstica pode começar a pesar no bolso dos agressores

A violência doméstica pode começar a pesar no bolso...
spot_imgspot_img

Pesquisadora aponta falta de políticas para diminuir mortalidade materna de mulheres negras no DF

"O Brasil é um país muito difícil para uma mulher negra ser mãe, por diversos fatores, dentre eles as dificuldades de acesso a saúde pública,...

Documentário sobre Lélia Gonzales reverencia legado da ativista

Uma das vozes mais importantes do movimento negro e feminista no país, Lélia Gonzales é tema do Projeto Memória Lélia Gonzalez: Caminhos e Reflexões Antirracistas e Antissexistas,...

Aborto legal: ‘80% dos estupros são contra meninas que muitas vezes nem sabem o que é gravidez’, diz obstetra

Em 2020, o ginecologista Olímpio Moraes, diretor médico da Universidade de Pernambuco, chegou ao hospital sob gritos de “assassino” porque ia interromper a gestação...
-+=