Mulheres e meninas são as principais vítimas de tráfico humano

No Dia Mundial contra o Tráfico de Pessoas, celebrado nesta segunda-feira (30), o tema lançado é “Respondendo ao tráfico de crianças e jovens”

Do Exame

No Dia Mundial contra o Tráfico de Pessoas, celebrado nesta segunda-feira (30), a ONU apela para que os países fortaleçam as formas de combater esse crime contra seres humanos (Marcelo Camargo/Agência Brasil)

No Dia Mundial contra o Tráfico de Pessoas, celebrado nesta segunda-feira (30), a Organização das Nações Unidas (ONU) apela para que os países fortaleçam as formas de combater esse crime contra seres humanos. Relatório da ONU revela que quase um terço das vítimas desse tipo de crime são crianças. Atualmente, 71% das pessoas traficadas são meninas e mulheres.

No Dia Mundial contra o Tráfico de Pessoas o tema lançado é “Respondendo ao tráfico de crianças e jovens”. Relatório da Organização Internacional do Trabalho (OIT) calcula que o mundo tenha pelo menos 21 milhões de vítimas de trabalho forçado. O número exato é desconhecido.

Em comunicado, a relatora especial da ONU sobre tráfico de pessoas, a italiana Maria Grazia Giammarinaro, disse que muitas pessoas são enganadas por criminosos e traficantes incluindo imigrantes, refugiados e pedidos de asilo, em busca de proteção ou de uma vida melhor.

Ameaça

Para a relatora, o clima político atual contra a imigração trata as pessoas como ameaça, quando elas podem contribuir para a prosperidade dos países onde vivem e trabalham.

Maria Grazia ressaltou que os países têm a obrigação de evitar o tráfico, classificado como violação dos direitos humanos. Ela citou o Pacto Global para Migração, que estabelece que os países devem ter medidas individuais e indicadores de identificação dos migrantes propensos a tráfico e exploração, incluindo os mecanismos internacionais de proteção.

O pacto deve ser adotado durante encontro internacional no Marrocos, em dezembro deste ano.

O comunicado ressalta que, em todo mundo, a sociedade e organizações civis têm desempenhado um papel importante para salvar vidas e proteger as pessoas do tráfico durante operações de busca e resgate.

A relatora finaliza o comunicado dizendo que, mesmo em tempo difíceis, a inclusão é a resposta para salvar as pessoas. O Dia Mundial contra o Tráfico de Pessoas é liderado pelo Escritório da ONU sobre Drogas e Crime (Unodc).

*Com informações do site da Organização das Nações Unidas (ONU) Brasil

+ sobre o tema

Autor de assassinato homofóbico na Paulista diz que estava brincando

Homem que matou o cabeleireiro Plínio Henrique de Almeida...

Homem negro: carne, navalha e a necessidade do corte certeiro!

Essa manhã escrevo como filha, irmã, neta, sobrinha, prima,...

Acomodadas, ousadas e transgressoras: um recorte das personagens femininas escritas por mulheres

Caso eu o fotógrafo estivéssemos chegado minutos antes, teríamos...

para lembrar

A soprano negra que desafiou as regras sobre quem podia cantar ópera no século 19

Americana e ex-escrava, Elizabeth Greenfield abriu caminho para várias...

Bruna Lombardi é a quarta mulher a dizer não a Temer

Antes dela, outras três mulheres recusaram o convite para...

Lupita é a mais bonita, mas é negra

Quando publiquei meu texto sobre Nayara Justino, a nova...
spot_imgspot_img

TSE realiza primeira sessão na história com duas ministras negras

O TSE realizou nesta quinta (9) a primeira sessão de sua história com participação de duas ministras negras e a quarta com mais ministras...

Em reunião com a ministra das Mulheres, movimentos denunciam casos de estupros e violência em abrigos para atingidos pelas enchentes no RS

Movimentos feministas participaram de uma reunião emergencial com a ministra da Mulher, Cida Gonçalves, no final da tarde desta terça-feira (7), de forma online....

Documentário sobre Ruth de Souza reverencia todas as mulheres pretas

Num dia 8 feito hoje, Ruth de Souza estreava no Theatro Municipal do Rio de Janeiro. O ano era 1945. Num dia 12, feito...
-+=