A Crise Econômica Internacional e os (Possíveis) Impactos Sobre a Vida das Mulheres

A primeira edição de 2009 do Boletim Mulher e Trabalho enfoca a crise econômica internacional e a situação das condições de trabalho das mulheres brasileira. Produzido pela Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres em parceria com IBGE, Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) e Organização Internacional do Trabalho (OIT), o Boletim apresenta indicadores conjunturais sobre a estrutura do mercado de trabalho feminino, a partir dos dados coletados da Pesquisa Mensal de Emprego (PME) e do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED), produzidos pelo IBGE e Ministério do Trabalho e Emprego (MTE).

A publicação procura avaliar, ainda em caráter inicial, os impactos da crise econômica e financeira internacional na participação no mundo do trabalho de homens e mulheres, considerando também a perspectiva étnico-racial.

 

Segundo a publicação, nos oitos meses que se seguiram aos primeiros efeitos da crise no país – setembro de 2008 a abril de 2009 – a taxa de participação das mulheres caiu mais do que a dos homens em todas as regiões metropolitanas analisadas (Salvador, Belo Horizonte, Porto Alegre e São Paulo). A análise por setores de atividades econômicas revelou que foi o setor industrial o mais impactado nos primeiros momentos da crise, sendo que as trabalhadoras que mais perderam empregos nesse setor. Dentre as mulheres, as negras foram mais afetadas na perda de ocupações industriais: -9,96 frente a uma taxa de -7,73 para as brancas.
Veja a publicação completa

{rsfiles path=”A-crise-economica-e-impacto-na-vida-das-mulheres.pdf” template=”default”}

+ sobre o tema

‘É preciso melhorar a quantidade e a qualidade de personagens femininos’

Atriz e militante pela igualdade de gênero, Geena Davis...

Gosto não se discute, violência sim

Por:Beatriz Beraldo Gosto, como dizem, não se discute. Eu, por...

Rimas sobre racismo, misoginia e miséria brotam em filme sobre slam de poesia

Co-dirigido por Roberta Estrela D'Alva, longa mostra a prática...

para lembrar

Desigualdades raciais e de gênero se mantêm no país, segundo estudo

As desigualdades raciais, de gênero e sociais continuam altas...

Ei Globo, não sou tuas nêgas!

O sentimento de indignação me fez refletir sobre essa...

Não é coisa da sua cabeça, é racismo

-Toda vez que eu entro, eu tenho a impressão...

Quase 260 mil crianças e adolescentes trabalham como domésticos no Brasil

Brasília – O Brasil ainda precisa combater o "núcleo...
spot_imgspot_img

IBGE: mulheres assalariadas recebem 17% menos que os homens

Dados divulgados nesta quinta-feira (20/06) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) revelam que a disparidade salarial entre os gêneros no Brasil se mantém em...

Casa Sueli Carneiro abre as portas ao público e apresenta o III Festival Casa Sueli Carneiro, pela primeira vez em formato presencial

RETIRE SEU INGRESSO A Casa Sueli Carneiro, fundada em dezembro de 2020 e atuando em formato on-line desde abril de 2021, é uma entidade criada...

Aborto legal: falhas na rede de apoio penalizam meninas e mulheres

As desigualdades sociais no Brasil podem explicar a razão para que meninas e mulheres busquem apoio para o aborto legal também após 22 semanas...
-+=