A Navalhada do Dia

O Conselho Nacional de Justiça ficou mais conhecido de nós todos depois da atuação da doutora Eliane Calmon. Hoje o presidente é o ministro Joaquim Barbosa. Agora o CNJ deu mais um passo para o controle do judiciário. Decidiu que as entidades de juízes não podem receber patrocínio para promover encontros, seminários, competições esportivas, finais de semana em resorts, etc. É um evidente conflito de interesse que as associações de juízes ANAMATRA, AJUFE e AMB não aceitavam.

Agora só os Tribunais de Justiça podem receber patrocínios para encontros de juízes e desembargadores limitados a 30 por cento do evento. Nada contra o aprimoramento dos magistrados, que é necessário, mas o CNJ com essa resolução separou uma coisa de outra. É um exemplo para outras categorias que representam o Estado.

 

 

Fonte: R7

+ sobre o tema

Com iniciativa Global Gateway, UE apoia o Brasil no combate às desigualdades no mundo

A presidência brasileira do G20 fez do combate à fome, à...

Kamala Harris diz que está ‘honrada’ com apoio de Biden e que pretende ‘merecer e ganhar’ candidatura democrata

A vice-presidente Kamala Harris disse em uma declaração neste domingo que...

Biden desiste de reeleição após pressão e anuncia apoio a Kamala Harris

Após pressão de democratas, o presidente dos Estados Unidos, Joe...

para lembrar

Ligação para prevenção ao suicídio se torna gratuita em todo o país

Parceria entre Ministério da Saúde e CVV dá acesso...

A Rocinha não aparece nas Olimpíadas, mas os adesivos não a escondem

No último domingo, junto a outros dez moradores, fomos...

Fundação Cultural Palmares: Convite para participar de Consulta Pública

A Fundação Cultural Palmares está elaborando uma publicação sobre...

Queremos dois futuros na tecnologia?

Podemos estar criando outro nível de desigualdade Por Nina da...

Para cumprir os ODS, o Estado brasileiro precisa parar de matar pessoas negras

Em um período de dez anos (2012-2022), o Brasil registrou o assassinato de 445.442 pessoas negras. De acordo com o Atlas da Violência de...

Coalizão de entidades lança campanha por mais negros nos parlamentos

A Coalizão Negra por Direitos, que reúne mais de 200 entidades, dará início à campanha “Quilombo nos Parlamentos Eleições 2024”. O lançamento acontece na...

Kenarik Boujikian é nomeada para a Secretaria Nacional de Diálogos Sociais da Presidência

A desembargadora aposentada do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) Kenarik Boujikian foi nomeada nesta sexta-feira (21) para o comando da Secretaria Nacional de Diálogos Sociais e...
-+=