Acampamento ‘ensina racismo’ na África do Sul

O documentário Afrikaner Blood (Sangue Africâner, em português), das holandesas Elles van Gelder e Ilvy Njiokiktjien, ganhou o primeiro prêmio do concurso World Press Photo 2012 na categoria multimídia. O vídeo mostra adolescentes sul-africanos brancos que vão para um acampamento de verão organizado por um grupo racista de extrema-direita.

De acordo com as produtoras do documentário, o grupo Kommandokorps está ensinando garotos africâneres a “evitar a visão de Nelson Mandela de uma nação arco-íris multicultural”. “Muitas pessoas estão chocadas que isso exista na África do Sul – as imagens quase parecem que foram feitas no passado”, disse Van Gelder à BBC.

O grupo é liderado por Franz Jooste (no centro), que foi major do Exército durante o Apartheid, regime de segregação racial que terminou em 1994 com a eleição de Mandela. As produtoras dizem que Jooste pretende criar uma nova geração de racistas, porque sua organização tem pouco suporte. Após décadas de divisões raciais forçadas pelo governo, especialistas dizem que negros e brancos se entendem bem no país. No entanto, os negros dizem que permanecem marginalizados.

O documentário multimídia combina os vídeos de Van Gelder com as fotos de Njiokiktjien. A diretora diz que as imagens ajudam o espectador a interromper por alguns momentos o vídeo para prestar atenção nas declarações do fundador do Kommandokorps, que são “duras e intrigantes”.

 

 

Fonte: Terra

+ sobre o tema

Nem todas as crianças vingam

Ao autor de “Pai contra mãe”, Machado de Assis. É...

Política do livro e leitura: africanidades e relações raciais

Programa No mês em que a cidade de São Paulo...

Brancas com descendência negra: Como mães adotivas aprendem a lidar com racismo

Dados do Cadastro Nacional de Adoção mostram que 65%...

Supermercado paga R$ 260 mil a criança que sofreu racismo

Garoto de 10 anos diz que seguranças do Extra...

para lembrar

ONU admite que negros e sul-asiáticos foram alvos de racismo ao fugirem da Ucrânia

O alto comissário para os refugiados da Organização das Nações...

Caso de dona Maria de Moura pede urgência no combate ao crime de escravidão

Quantas pessoas brancas alguém aqui conhece que passou um,...

Rio de Janeiro police raid on favela leaves at least 25 dead

At least 25 people have been killed after heavily...
spot_imgspot_img

Como é a vida para as mulheres no último país da África sob colonização

Ainda hoje há um país africano colonizado. O Saara Ocidental está ocupado pelo Marrocos desde 1976, depois de quase 90 anos de invasão espanhola, e esteve em guerra...

Revolucionário, mas não é para todos

Passei os últimos dias pensando no significado e na profundidade de uma postagem que li numa rede social contendo a afirmação: "Descansar é revolucionário!"....

‘Nossa missão é racializar as políticas públicas em todo país’

Nomeado recentemente  como novo secretário de gestão do Sistema Nacional de Promoção da Igualdade Racial (Sinapir), o jornalista baiano Yuri Silva tem uma tarefa...
-+=