África ou França ???

Enviado por / FontePor Rodnei Jericó

Artigo produzido por Redação de Geledés

Quem disputará a final da copa da Rússia neste domingo ? A multietnicidade ou os franceses ? Do total de 23 atletas com compõem o selecionado francês no mundial da Rússia 19 deles em realidade são originários de países africanos, direta ou indiretamente.

Um pouco mais de 10% dos jogadores franceses tem realmente raízes na França, o goleiro Lloris, o zagueiro Pavard e os atacantes Giroud e Thauvin, os outros 19 atletas tem ascendência ou nasceram em outros países; são nascidos em outros países: Mandanda (RD Congo) e Umtiti (Camarões); dois são nascidos em territórios que pertencem à França, mas possuem seleções próprias: Varane (Martinica) e Lemar (Guadalupe); 11 têm pais nascidos em outros países e que migraram para a França: Areola (Filipinas), Rami (Marrocos), Kimpembé e Nzonzi (RD Congo), Sidibé, Dembelé e Kanté (Mali), Matuidi (Angola), Pogba (Guiné), Mbappé (Camarões e Argélia) e Fekir (Argélia); e ainda Quatro têm avós e antepassados em outros países: Lucas Hernández (Espanha), Mendy (Senegal), Tolisso (Togo) e Griezmann (Portugal).

Isto é o que chamamos na linguagem do futebol de um CATADO !!!

Esta seleção francesa é a menos francesa da história, está repleta de bons atletas africanos, mas que optaram por uma questão de sobrevivência e também do mercado do futebol optar pela nacionalidade francesa. Em que pese o reconhecimento destes africanos ao futebol Francês, isto não se estende aos demais cidadãos africanos, que continuam a ser vistos como sub-humanos, como pessoas atrasadas e sub-desenvolvidas.

Ter um passaporte francês pode garantir para estes atletas algum reconhecimento, isto em caso de vitória, mas por certo que não são vistos como franceses ao senso comum francês, apenas estão servindo a um propósito.

Agora, é importante destacar neste caminho o quão importante estes atletas são para os cidadãos de seus países, servem de exemplo neste caminho tortuoso e difícil de serem reconhecidos como cidadãos.

Por tudo isto eu direi hoje após o triunfo Francês, caso venha, Alle Áfrique !!!


Rodnei Jericó – advogado do SOS Racismo e articulista esportivo

+ sobre o tema

para lembrar

Pacto Nacional do Poder Judiciário para a Equidade Racial

No último dia 25 de novembro, Geledés-Instituto da Mulher...

A presença de uma Juíza Negra no STF é uma questão de coerência, reparação histórica e justiça

A Constituição Federal, estabelece como objetivo da República Federativa...

“A luta antirracista e a luta antissexista é uma luta de toda a sociedade”, Maria Sylvia Aparecida de Oliveira

Na última coluna do ano, Geledés no debate deu voz à sua presidenta Maria Sylvia Aparecida de Oliveira em entrevista que faz um importante...

“As pessoas querem ser escutadas” , diz Cherizar Crippen, líder do Black Lives Matter

Cherizar Crippen é uma das jovens negras líderes do movimento Black Lives Matter (BLM) que está fazendo ferver os Estados Unidos em protestos antirracistas...

“Uma OAB antirracista é a que assegura a participação de 30% a advogados negros e advogadas negras”

André Costa, advogado e consultor especializado em direitos políticos e direito eleitoral e Conselheiro Federal da OAB (2019/2022), onde preside a Comissão Especial de Advocacia...
-+=