‘Agora pai do Thiago’, Mazinho vibra com sucesso do filho na Espanha

Ex-jogador, no entanto, lamenta falta de chances para revelação do Barça, campeão europeu sub-21 com os espanhois, na Seleção Brasileira de base

De ex-jogador, tetracampeão do mundo, a pai coruja. Mazinho, hoje com 55 anos, vive uma situação curiosa em sua vida. Ao andar pelas ruas de Barcelona, é reconhecido não só por ser aquele volante talentoso que conquistou a Copa de 1994 com a Seleção Brasileira, mas também por ser o pai de duas das maiores promessas do clube catalão e da Espanha nos últimos anos: Thiago e Rafael Alcântara. O segundo ainda tem 18 anos, segue na base, mas o primeiro, de 20, já está estourando e fazendo o papai se encher de orgulho.

Integrante do elenco campeão espanhol e da Liga dos Campeões na última temporada, Thiago vive um grande momento em sua carreira: foi um dos destaques da seleção espanhola na conquista do Europeu sub-21, tendo marcado um golaço na final, renovou contrato com o Barcelona por mais quatro anos, com direito a multa de R$ 204 milhões, e teve propostas de gigantes europeus, como do Manchester United e até mesmo do Real Madrid. Não tem como um pai não ficar sorrindo de orelha a orelha com tanto sucesso…

– O gostoso de hoje é que você é considerado o pai do Thiago e do Rafael, ou seja, eles estão se destacando e demonstrando a capacidade que eles têm como jogadores. Para mim é um grande orgulho. Minha etapa já passou, hoje vivo só como pai e como representantes do meu filho, mas estou muito orgulhoso de tudo isso. É uma coisa maravilhosa ver tudo o que está acontecendo. E ainda tenho também uma filha que joga basquete.

De acordo com Mazinho, a mescla do talento brasileiro com a disciplina tática espanhola é que faz de Thiago, de fato, um jogador diferenciado. Segundo ele, não é à toa que, na Espanha, ele já é visto como a próxima grande promessa do país.

– Eu acredito que essa mescla é importante, ele é um jogador diferenciado. Os comentários que fazem aqui sobre ele são todos assim, que tem a característica técnica do camisa 10 brasileiro de antigamente, e a disciplina trabalhada com a força da Europa. Ele tem tudo para ser um grande jogador sim. Tem tudo para evoluir ainda mais – disse o ex-jogador, que garante também que Thiago é muito forte psicologicamente e está muito tranquilo apesar de toda a repercussão em cima de seu sucesso.

– O garoto é muito tranquilo, tem os pés no chão, não tem nenhum problema, é muito simples, companheiro, amigo, e não tem esses problemas. Não existe nada disso, o importante é que ele se divirta dentro do campo. Sempre falo com ele da humildade e isso não vai atrapalhar de forma alguma. Ele tem a cabeça muito boa – ressaltou.

“É uma lástima ele não ter jogado no Brasil”

No entanto, no coração brasileiro do pai, fica uma tristeza: a falta de oportunidades para Thiago nas seleções de base do país, que poderiam ter feito essa história ser bem diferente. Ao invés de uma joia da Espanha, quem sabe o meio-campista não estivesse fazendo parte da geração de Neymar, Ganso, Lucas e companhia?

Thiago com a camisa da “Fúria” no Europeu: meia fez golaço na final 

– Para mim, fica uma lástima por ele não ter jogado pelo Brasil. Fui o primeiro a querer meus filhos jogando no Brasil, vestindo a amarelinha como eu. Todo pai como brasileiro gostaria de ver, ainda mais após a minha vida dedicada à seleção. Mas nunca tiveram a curiosidade de observar e nem se importaram em saber como ele estava aqui. Não só o Thiago como também o meu outro filho, o Rafael. Cheguei a fala sobre ele para pessoas do Brasil, mas ninguém se interessou e agora eles estão na seleção espanhola. Claro que ainda tem chances de eles jogarem pelo Brasil, pois não atuaram como profissionais na Espanha, mas não sei se vai acontecer – afirmou Mazinho, agradecendo o carinho que sempre teve de todos na Espanha.

– Aqui na Espanha, eles foram muito bem observados, bem tratados e agora têm objetivos. O Thiago conquistou o Europeu Sub-21, vem na base desde a equipe sub-16 e acredito que já possa ser convocado na eequipe principal em breve. O Rafael segue o mesmo caminho. Quando o Brasil decidir, talvez possa ser tarde – reconheceu.

É bom que o povo brasileiro saiba que ele é brasileiro e não espanhol”

Mazinho

Ao saber do interesses dos brasileiros em saber mais sobre a carreira de Thiago Alcântara, Mazinho se diz satisfeito, lembra dos momentos em que o filho atuou no Flamengo, mas acabou não sendo muito valorizado, e volta a frisar que gostaria muito de ter visto seu filho brilhar com a camisa da Seleção Brasileira.

– É bom que o povo brasileiro saiba que é brasileiro, não espanhol. Infelizmente, ou melhor, felizmente, ele acabou tendo chance de despontar aqui na Espanha, passou toda a vida aqui, e cresceu muito. Hoje, está tudo dando certo. Ele chegou a ir ao Brasil, jogou no Flamengo, junto com o Adalberto (ex-jogador do Flamengo) e seu filho, mas não atuou em muitos campeonatos de grande porte e toda aquela geração de jogadores nascidos em 1991 não foi muito aproveitada. Do time dele, que me lembro, apenas o Diego Maurício acabou tendo chances – observou.

mazinho 620E o irmão pode ser ainda melhor…

Dois anos mais novo, mais um fruto do DNA de Mazinho também está brilhando nas categorias de base do Barcelona e da Seleção Espanhola. Rafinha, o Rafael Alcântara, de 18 anos, é visto pelo pai e pela imprensa local como outra grande promessa para o futebol do país. Mais alto e mais forte do que o irmão, é visto como uma peça perfeita para se adaptar ao jogo na Europa.

Mazinho e o filho Rafael, próxima promessa do

futebol espanhol (Foto: Arquivo Pessoal)

– O Rafael também tem uma estrutura muito boa, uma perspectiva ótima, pois tem mais corpo do que o Thiago. É mais rápido, mais forte e é um garoto que pode ser muito bem aproveitado nos times da Europa, porque tem disciplina tática. Todos estão muito contentes com ele no clube e na seleção – avisou.

Mazinho também alerta aos brasileiros: a Espanha está vindo com tudo para se manter no topo do futebol mundial nos próximos anos. Da base até o profissional.

– A Espanha, desde a Eurocopa 2008, com a base do Barcelona, que também estava ganhando tudo, evoluiu demais. Veio o título da Copa do Mundo de 2010, coroando o trabalho, o Europeu Sub-21 agora… A qualidade dos jogadores, a posse de bola como é trabalhada… Estão todos muito animados, porque a geração que está vindo agora também é excelente – completou.

Thiago e Rafael, no entanto, não estão na lista da seleção espanhola sub-20 que vai disputar o Mundial da categoria no final do mês de julho. Ambos estão de férias e se reapresentam ao Barça também em julho.

Fonte: Globo Esporte

+ sobre o tema

Salvador: Novembro Negro abre programação no dia 8

Marcado por um período de mobilizações pelo combate ao...

Cinema recupera obra de James Baldwin expoente do pensamento negro

Indicado ao Oscar, 'Se a Rua Beale Falasse' recupera...

Fortaleza: Mês da Consciência Negra

Em novembro, Mês da Consciência Negra, o Centro...

Serena Williams vence Sevastova e chega à final do Aberto dos EUA

Serena saiu da quadra Arthur Ashe com um aceno...

para lembrar

EUA: exame de DNA inocenta homem preso há 26 anos

Estima-se que pelo menos 300 condenados foram inocentados após...

Dicionário das Religiões Afro-Brasileiras

O que são palavras? Raramente pensamos nelas em nosso...
spot_imgspot_img

Jay-Z e Alicia Keys apresentam ‘Empire State of Mind’ no Tony Awards de 2024

Jay-Ze Alicia Keys se uniram para apresentar o sucesso “Empire State of Mind” ao vivo no na cerimônia de premiação de 2024 do Tony Awards no último domingo,...

Gilberto Gil é homenageado na Uerj por contribuições culturais ao país

Cantor, compositor, escritor, produtor musical, imortal da Academia Brasileira de Letras, ex-ministro da Cultura. Dono de vários talentos e posições, Gilberto Gil ganhou nesta...

Instituto Tebas celebra 194 anos de nascimento de Luiz Gama com caminhada e exibição de vídeo em São Paulo

 Liberdade ou Morte: histórias que a História não conta é o título da web série composta por sete narrativas (fotográficas, textuais e audiovisuais) que destacam a agência...
-+=