Agredido por 5 garotos homofóbicos estudante publicou um relato chocante

O estudante Lucas Salvattore publicou em seu Facebook um relato chocante.

no  Ana Beatriz Rosa

Ele denuncia que foi alvo de violência homofóbica na porta da sua escola em São José dos Campos, a 94 quilômetros da capital paulista.

“Primeiramente obrigado DEUS! Na segunda, na saída da Escola Pef Lourdes Maria de Camargo, fui agredido por 5 garotos homofóbicos. Um deles estudava na minha sala. Desde o primeiro dia de aula eu já tinha virado ‘chacotinha’ dele na sala. Comuniquei a direção da escola e como o ‘problema era por eu ser gay’, a diretora me mudou de sala.”

No relato, ele conta ter sido agredido com socos e pauladas, além de ameaças de morte. Lucas postou fotos com as marcas da violência, que resultaram em complicações no olho esquerdo e alguns pontos.

De acordo com a Secretaria de Educação de São Paulo, a escola suspendeu os cinco alunos acusados de espancar Lucas. Além disso, o caso foi registrado na Polícia Civil do estado, e a escola se pôs à disposição para ajudar nas investigações.

A repercussão nas redes continua, e a página de Lucas está repleta de mensagens de apoio.

Primeiramente Obrigado DEUS!
Na Segunda Na Saída Da Escola Pef Lourdes Maria de Camargo, Fui Agredido Por 5 Garotos…

Publicado por Lucas Salvattore em Domingo, 28 de fevereiro de 2016

+ sobre o tema

Empresária na BA oferece consertos domésticos exclusivos para mulheres

Formada em Museologia, ela decidiu abrir empresa para vender...

Meu filho é gay e eu me tornei militante LGBT para combater a homofobia

Eu sou a Majú e sou mãe de um menino......

para lembrar

Justiça define indenização de R$ 90 mil a funcionário vítima de homofobia

Vítima diz que era alvo de piadas de funcionários,...

Homofobia e violência no Sukiya

Jovem foi intimidado e agredido por garçom do restaurante...

Disque 100 recebe mais denúncias de homofobia em quatro dias que em três anos

Em apenas quatro dias, o serviço telefônico Direitos Humanos...

Publicidade da Tiffany’s contempla casais gays

A joalheria norte-americana Tiffany & Co. teve uma excelente ideia publicitária,...
spot_imgspot_img

Homofobia em padaria: Polícia investiga preconceito ocorrido no centro de São Paulo

Nas redes sociais, viralizou um vídeo que registra uma confusão em uma padaria, no centro de São Paulo. Uma mulher grita ofensas homofóbicas e...

ONG contabiliza 257 mortes violentas de LGBTQIA+ em 2023

Em todo o ano passado, 257 pessoas LGBTQIA+ tiveram morte violenta no Brasil. Isso significa que, a cada 34 horas, uma pessoa LGBTQIA+ perdeu...

Bullying, esse velho conhecido

Esta semana, dia 15, o presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, sancionou lei que criminaliza bullying e cyberbullying. O texto modifica o...
-+=