Alinne Prado e Nayara Justino celebram o dia da mulher negra latino-americana

Rio – As mulheres negras latino-americanas e caribenhas têm um dia para chamar de seu: 25 de julho. Desde o início dos anos 90, a data entrou na agenda pela urgência da sociedade pensar a memória e as necessidades dessas mulheres, historicamente negligenciadas. “A mulher negra tem um histórico de lutas que começa na busca pela sua liberdade enquanto ainda havia a escravização de pessoas e, passado este momento, pela garantia de direitos e cidadania”, esclarece a historiadora Jaciana Melquiades.

djxni3x05j5s3ncimaixxep9h
Alinne veste cropped Snipper transparente R$ 70; Saia de acervo pessoal e brinco afrotik preto e branco R$ 30 (Foto: Luis Gomes)

Para representar essas mulheres, convidamos a jornalista e apresentadora do ‘Vídeo Show’ Alinne Prado, e a atriz e modelo Nayara Justino, ex-Globeleza. Elas posaram com roupas confeccionadas pelo ‘Coletivo Odarah Produção Cultural Afirmativa’. O projeto tem como objetivo o fomento e valorização da atuação de afro-empreendedores no mercado da moda, arte, educação e cultura.

“Adorei fazer. Já havia entrevistado a Nayara para o ‘Vídeo Show’. Celebrar esse dia não é só uma questão de militância. É um dia de evidenciar as conquistas, de empoderamento para a mulher negra, para todas as mulheres”, declara Alinne.

Na Pedra do Sal, na Saúde, local de chegada de muitos negros africanos, onde se encontra a Comunidade Remanescentes de Quilombos da Pedra do Sal, casa de Tia Ciata e berço do samba, Nayara Justino e Alinne Prado se integram ao novo sem esquecer o passado.

Nayara, que é modelo desde os 6 anos e estreou como atriz na novela ‘Escrava Mãe’, da Record, defende a necessidade de conscientização e engajamento. “O preconceito se deve à toda uma história contada desde a escola. Não evidenciam o quanto os negros foram tirados à força do seu ambiente. Não contam que lá também têm reis e rainhas. Muito do preconceito que a gente vive é cultural. É uma sociedade. Racismo é da conta de todo mundo”, ressalta a atriz, que confessa adorar moda.

“Curto, me interesso, mas meu estilo sempre vai passar pelo conforto. Adoro salto e não dispenso as havaianas”, brinca Nayara.

f1gmnv8sinyso0ifugwtdrm08
Nayara com vestido geometria; chemise R$148; brinco R$40 (par) anel R$ 35 (Foto: Luis Gomes)

Uma das propostas do ‘Odarah’ é ressignificar a moda negra. “Precisamos sair um pouco do senso comum, dessa moda afro-caricata. Atrelada a estampas de animal print. Geralmente uma moda com pouco requinte e pouca excelência na execução”, declara Fabiola Oliveira, educadora e produtora executiva do ‘Odarah’. Ela ainda realça: “São empreendedores que entendem o valor da arte final, do acabamento, e sobretudo, que a sua ancestralidade pode estar conectada às suas peças, mas também às tendências. Isso deixa a marca competitiva no mercado”.

Algumas marcas da ‘Odarh’

VbAtelier: alfaiataria e acessórios com estampas africanas.

Ttrappo: slow Fashion e Upcycling. Peças inspiradas em moda brechó.

Gue: conceito genderless (sem gênero). Inspiração soul e hip-hop.

Snipper: moda urbana.

Afrotik: peças de papelão revestidas de tecidos.

Produção do ensaio: Odarah Produção Cultural Afirmativa Moda e Make: Sylvia Victoriano Fotografia: Luis Gomes Assistente fotografia: Raphael Cruz Locação: Casa da Juventude, Pedra do Sal, Morro da Conceição Modelos: Nayara Justino e Alinne Prado Marcas: O Gue, VB Atelier, Ttrappo, Snipper, Colares D’Odarah (acessório) e Afrotik (acessórios) Contato:https://www.facebook.com/odarahproducao

+ sobre o tema

Jay-Z recria Friends com negros e dá tapa na cara de séries embranquecidas

Há uma semana, o rapper Jay-Z lançou o provocativo...

Após ter filha, Serena Williams abre o coração em carta emocionante e agradece a mãe

A americana Serena Williams publicou nesta terça-feira nas redes...

Americana se apaixona por rapaz na balada e descobre que ele é príncipe

Americana se apaixona por rapaz na balada e descobre...

Margareth Menezes comemora 30 anos de carreira com show na Concha

Cantora se apresenta em janeiro, com um show especial Do  iBahia A...

para lembrar

Estudante de moda cria coleção de lingerie para mulheres mastectomizadas

A descoberta de uma nova beleza Ao receber o diagnóstico...

Favela é Fashion mostra os encantos da moda africana na Casa de Cultura Laura Alvim

No próximo sábado (12/12), às 12h, a Casa de...

Fashion Rio: Modelos negras no desfile de Walter Rodrigues

A figura da mulher negra está ganhando, cada vez...

Marca cria tênis inspirados em Thriller, de Michael Jackson

Parece que Michael Jackson continua servindo de inspiração para...
spot_imgspot_img

Quem foi Mama Cax? Conheça a homenageada do Google que foi símbolo de representatividade na Moda

Celebrando o Mês da História Negra nos Estados Unidos, o Google homenageia nesta quarta-feira (08) a modelo Mama Cax. A homenageada se firmou como uma grande referência no mundo da Moda...

Modelos na passarela contra o racismo e pela autoestima dos negros e negras

"Um sorriso negro, um abraço negroTraz....felicidadeNegro sem emprego, fica sem sossegoNegro é a raiz da liberdade..." Assim cantava a sambista Dona Ivone Lara em sua magnífica...

Influenciadoras negras lutam para ser valorizadas pelas marcas

Ao navegar pelo Instagram é possível encontrar muitas pessoas que trabalham produzindo conteúdo digital sobre diversos assuntos. Um nicho que fez muito sucesso nos...
-+=