sexta-feira, janeiro 27, 2023
InícioÁreas de AtuaçãoDireitos HumanosAnistia Internacional condena violência letal contra jovens no Brasil

Anistia Internacional condena violência letal contra jovens no Brasil

Diante da morte de cinco adolescentes na noite de ontem (13/10), em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, a Anistia Internacional manifesta seu repúdio à violência indiscriminada que atinge os jovens brasileiros, em especial moradores de favelas e bairros de periferia.

O grupo foi atingido a tiros dados por homens encapuzados dentro de um carro. As vítimas tinham entre 12 e 18 anos. Três morreram no local, dois no hospital e apenas o de 12 anos sobreviveu e está internado. Esta é uma tragédia que se repete, assim como é recorrente o silêncio das autoridades locais e nacionais sobre essas mortes.

O Brasil está entre os países com o maior número de homicídios do mundo. Foram 56.000 em 2012, sendo 30.000 mortes de jovens com idade entre 15 e 29 anos. O homicídio foi também a principal causa da morte entre adolescentes com idade entre 12 e 18 anos (45,2%), em cidades com mais de cem mil habitantes.

São milhares de jovens assassinados que tiveram suas histórias de vida interrompidas e famílias, vizinhos e amigos que convivem com a dor de suas perdas.

Está na hora do país se indignar com as mortes de seus jovens e romper com a indiferença e a impunidade que permeiam esses crimes, especialmente quando ocorrem em favelas e periferias. A Anistia Internacional pede a investigação rápida e independente dos homicídios ocorridos na Baixada Fluminense e a implementação imediata de políticas públicas que possam reverter esta triste realidade brasileira

Fonte: Anistia

Artigos Relacionados
-+=
PortugueseEnglishSpanishGermanFrench